David Mdzinarishvili/Reuters
David Mdzinarishvili/Reuters

Polônia confirma gravidade da lesão do zagueiro que deverá ser cortado na quinta

Kamil Glik, do Monaco, machucou a estrutura que estabiliza a clavícula e vai levar seis semanas para se recuperar

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 14h14

O médico da Associação Polonesa de Futebol, Jacek Jaroszewski, anunciou nesta terça-feira um diagnóstico desfavorável ao zagueiro Kamil Glik, que deve ter seu corte da Copa do Mundo confirmado até quinta-feira. O jogador do Monaco sofreu uma lesão no ombro esquerdo nesta segunda-feira, depois do envio da lista final dos 23 convocados da Polônia para o Mundial na Rússia.

De acordo com Jaroszewski, a situação do defensor é "ruim". O médico informou que Glik lesionou a estrutura que estabiliza a clavícula e vai levar seis semanas para se recuperar. Um exame que o atleta faria em Nice nesta terça, na França, ainda será analisado antes de a entidade tomar uma decisão definitiva.

 

Treinador da Polônia, Adam Nawalka adiantou nesta segunda-feira que o substituto de Glik no Mundial será Marcin Kaminski, caso o corte seja confirmado. Depois que a lista dos 23 jogadores foi enviada, uma seleção só pode fazer uma substituição em caso de lesão comprovada de um jogador.

A Polônia vai estrear na edição de 2018 contra Senegal, no dia 19, em Moscou. O segundo compromisso vai ser contra a Colômbia na segunda rodada do Grupo H, no dia 24, e o último jogo dos poloneses na primeira fase da competição será contra o Japão, no dia 28.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.