Reuters
Reuters

Polônia demite treinador após cair na primeira fase da Copa do Mundo

Adam Nawalka estava no comando do time de futebol do país há cinco anos, de onde sairá após 30 de julho

Estadão Conteúdo

03 Julho 2018 | 08h30

Uma das principais decepções desta Copa do Mundo, a Polônia anunciou nesta terça-feira a demissão do técnico Adam Nawalka. O treinador de 60 anos não resistiu à queda ainda na primeira fase do torneio na Rússia e teve a dispensa confirmada pela federação do país.

+ Técnico da Polônia diz que vitória traz alegria, mas não ameniza fracasso na Copa

+ Após gol da vitória, Bednarek exalta 'boa lição' para a Polônia

"Nós decidimos que o Adam Nawalka vai permanecer como técnico da Polônia até o dia 30 de julho e, depois disso, vamos procurar por um novo treinador. Vamos tentar construir a seleção nacional de uma nova forma", declarou o ex-jogador e presidente da federação, Zbigniew Boniek.

Na Rússia, a Polônia foi eliminada na fase de grupos com uma rodada de antecipação, após derrotas para Senegal, por 2 a 1, e Colômbia, por 3 a 0. Somente na despedida, arrancou seu único triunfo na Copa, sobre o Japão, por 1 a 0. O próprio Nawalka disse após a competição se sentir responsável pelo fracasso russo.

 

"É claro que eu me sinto responsável por não termos correspondido à expectativa. Nós não realizamos nossos planos, ambições e as expectativas da nossa torcida. Assumo total responsabilidade por estarmos desapontados", declarou o treinador. Ele deixará o cargo após cinco anos de trabalho à frente da seleção.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.