Kacper Pempel/Reuters
Kacper Pempel/Reuters

Polônia reage, volta a vencer e segue na ponta de grupo nas Eliminatórias

Apesar do resultado, a chave segue indefinida, faltando duas rodadas para o fim desta fase das Eliminatórias

Estadao Conteudo

04 de setembro de 2017 | 18h09

Após levar 4 a 0 da Dinamarca, na rodada passada, a Polônia se reabilitou nesta segunda-feira ao derrotar o Casaquistão por 3 a 0 e manter a ponta do Grupo E das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018. Apesar do resultado, a chave segue indefinida, faltando duas rodadas para o fim desta fase das Eliminatórias.

Os poloneses chegaram aos 19 pontos, três acima de Montenegro e Dinamarca. Montenegro ocupa o segundo lugar por causa dos critérios de desempate. Nas Eliminatórias Europeias, somente o melhor colocado de cada chave avança direto à Copa do Mundo. Os segundos colocados vão disputar uma repescagem entre si para decidirem as últimas vagas na Rússia.

Jogando em Varsóvia, os anfitriões abriram o placar aos 11 minutos, com gol de Arkadiusz Milik. A vantagem simples, contudo, foi mantida até os 29 minutos do segundo tempo, quando Kamil Glik ampliou para os donos da casa. Aos 41, Robert Lewandowski anotou o terceiro e selou a vitória da Polônia em cobrança de pênalti.

Mais cedo, a Dinamarca fez sua parte ao golear a Armênia, fora de casa, pelo placar de 4 a 1. Thomas Delaney, do Werder Bremen, foi o grande destaque dos visitantes, ao marcar três vezes. O outro gol foi anotado por Christian Eriksen, do Tottenham. A vitória da Dinamarca foi de virada porque os armênios abriram o placar, com Ruslan Koryan, aos 6 minutos de jogo.

Em casa, Montenegro venceu a Romênia pelo modesto placar de 1 a 0. Stevan Jovetic marcou o único gol da partida aos 30 minutos do segundo tempo. Os romenos não têm mais chances de classificação, com apenas nove pontos.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.