Ponte agora quer vencer o Santos

Garantida para a próxima fase da Copa do Brasil, a Ponte Preta quer agora a classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista da Série A-1. O time enfrenta o Santos, no domingo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. A goleada histórica sobre o Castanhal, por 8 a 1, na quarta-feira, não só deu a vaga ao time campineiro como também serviu para confirmar a equipe que joga neste final de semana. O técnico Nelsinho Baptista já havia adiantado que faria experiências no jogo contra o Castanhal e, pelo placar apresentado, não deve alterar o elenco titular.O time terá o retorno do lateral-direito Gláucio, que estava suspenso e não enfrentou o Mogi Mirim, na rodada passada. Na defesa, Rodrigo é o substituto de Alex Oliveira, que ainda está machucado. Outro jogador suspenso contra o Santos é Mineiro e que deve dar lugar a Fabinho. No ataque, porém, Nelsinho tem dúvidas. Com a boa atuação de Macedo, que marcou três gols contra o Castanhal, e a possível recuperação de Régis, poupado por sentir dores na panturrilha, o treinador terá de decidir quem será o companheiro de Washington no time. Aliás, o ataque da Ponte Preta parece ter assimilado bem a bronca que a diretoria deu na segunda-feira, depois que os jogadores passaram a perder várias chances de gol. Embora o adversário de quarta-feira fosse tecnicamente fraco, os artilheiros conseguiram finalizar as jogadas ofensivas com maior precisão e garantiram a tranquilidade no Majestoso. Que o diga Washington, autor de quatro dos oito gols da Ponte Preta, na quarta-feira. Esta foi a primeira vez que o atacante marcou quatro gols em uma mesma partida, vestindo a camisa alvinegra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.