Ponte ainda faz contas para não cair

A goleada por 4 a 0 sobre o Paraná, sábado à tarde, na Vila Belmiro, acabou com um jejum de 9 jogos sem vitórias da Ponte Preta. O técnico Abel Braga, porém, ainda faz contas para fugir da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro e espera que seus jogadores mantenham a mesma disposição contra o lanterna Grêmio, quarta-feira, no estádio Olímpico."A mesma garra e a mesma humildade, porque só assim a gente pode vencer os jogos", pediu Abel, temendo que a Ponte sofra com a pressão natural vivida pelo time gaúcho. "Temos é que tirar proveito do desespero deles."A vitória deixou a Ponte com 34 pontos, mas ela espera contabilizar mais três no julgamento marcado para terça-feira no Superior Tribunal e Justiça Desportiva (STJD) do Rio de Janeiro. O clube de Campinas tenta ganhar os pontos perdidos para o Paysandu, acusado de ter usado três jogadores irregularmente - Aldrovani, Júnior Amorim e Borges Neto. Em campo, a vitória foi do time paraense, por 3 a 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.