Ponte antecipa decisão contra Remo

A Ponte Preta tem em uma semana duas decisões pela frente. A primeira batalha será nesta quarta-feira pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, quando a equipe campineira pega o Remo, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já no domingo contra o Botafogo, decide a vaga de finalista do Campeonato Paulista 2001.Para carimbar o passaporte para às quartas-de-finais a Ponte tem que vencer o adversário por um gol de diferença, respeitando o regulamento que prevê peso dobrado para cada gol marcado fora de casa. No primeiro jogo o time paraense venceu pelo placar de 3 a 2, portanto, se este placar for repetido a decisão vai para os pênaltis. "Temos que esquecer no primeiro momento o Botafogo e centralizarmos o nosso pensamento no Remo. Vamos com cautela em busca da vitória, não adianta nos afobarmos", disse Piá, que enfrenta o Remo, mas está fora do jogo contra o Botafogo, pelas semifinais do Paulista.O técnico Nelsinho Baptista terá problemas para escalar sua equipe na Copa do Brasil. O zagueiro Ronaldão e o lateral-direito Carlos Alexandre são desfalques certos, por suspensão. O tetracampeão pelo terceiro cartão amarelo e o jovem lateral por ter sido expulso na partida em Belém. Alex Oliveira assume o lugar de Ronaldão e o volante Dionísio será improvisado na lateral. André Santos seria o substituto, mas sentiu a coxa direita no treino e vai desfalcar a equipe. No meio-campo no lugar de Dionísio joga Marco Aurélio ao lado de Piá.No Remo, apesar de se classificar com um empate, os jogadores entram em campo determinados a vencer o jogo. O Remo perdeu o primeiro turno do campeonato paraense para o rival Paysandu e não quer deixar a vaga na Copa do Brasil escapar. "Temos que ir para cima buscando a vitória a todo custo. Precisamos jogar nosso futebol, como jogamos aqui, no primeiro jogo", disse o goleiro Ivair, na capital paraense, antes de embarcar para Campinas. O técnico Valter Ferreira, que já trabalhou em vários clubes do interior de São Paulo, deve repetir a mesma formação que enfrentou a Ponte Preta no primeiro jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.