Ponte aposta numa boa atuação em Jundiaí

As derrotas nas últimas duas rodadas do Campeonato Paulista, para Atlético Sorocaba e Rio Branco (ambas por 2 a 1) já fazem parte do passado na Ponte Preta. O técnico Estevam Soares evitou apontar os erros de seu time e já começou a pensar no jogo contra o Paulista, no fim de semana, em Jundiaí, pelas quartas-de-final. "Lógico que a derrota não era esperada, mas conseguimos a classificação e estamos contentes por isso. O grupo não pode ficar desmotivado ou abalado após as derrotas", comentou. "Temos que levantar a cabeça para não jogar fora o que construímos durante a competição." A derrota para o Rio Branco fez a Ponte cair para o terceiro lugar no Grupo 1, com 13 pontos, e perder a vantagem de jogar em Campinas nas quartas-de-final e semifinal. Agora, terá que enfrentar um Paulista que ainda não perdeu em casa - foram quatro vitórias e um empate. Entretanto, Estevam Soares também ressalta que o desempenho pontepretano fora de casa é melhor. "Perder a vantagem de jogar em casa não é tão desastraso. Basta ver que nosso melhores resultados aconteceram fora." Dos 13 pontos conquistados oito foram longe do Estádio Moisés Lucarelli, com vitórias sobre América (1 x 0) e Juventus (3 x 0), empates com São Paulo (0 x 0) e Portuguesa (1 x 1), além da derrota para o Atlético Sorocaba. Para o jogo em Jundiaí, que em princípio está marcado para domingo, a Ponte terá todos os titulares do último jogo à disposição. A única dúvida é o atacante Anselmo, que ficou fora devido a uma lesão na coxa direita. Mas existe a expectativa positiva par a sua recuperação. Se ele participar do coletivo de sexta-feira irá para o jogo.

Agencia Estado,

15 de março de 2004 | 13h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.