Ponte busca substituto de Washington

Com o atacante Washington servindo a seleção brasileira que enfrenta a Bolívia, quinta-feira, em Goiânia, a Ponte Preta está atrás de um outro atacante para a partida contra o Americano, quarta-feira, em Campos, pelo torneio Rio-São Pau lo. Por não gostar de improvisações, o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, deve optar entre Paulo César, emprestado pelo Vasco da Gama, ou por Lucas, que acaba de disputar a Copa São Paulo de Juniores. A adaptação do meia Adrianinho, em princípio, está descartada. Vadão vai testar a mudança nos treinos e promete definir a escalação após o coletivo previsto para esta terça-feira cedo no gramado do Majestoso. A apresentação do elenco aconteceu nesta segunda-feira cedo, com o clima bastante favorável após a virada sobre o Santos, por 3 a 1. Em princípio, Lucas reúne mais condições de ser escalado por estar num ritmo forte após a disputa da Copa São Paulo, onde o time conseguiu o terceiro lugar ao vencer o Grêmio. Paulo César ainda não estaria no ritmo ideal físico porque não se apresentou junto com os demais jogadores. No meio-campo é certo o retorno de Marquinhos, que cumpriu suspensão automática, e fica com a vaga de Dionísio. E o meia Adrianinho, destaque na virada sobre o Santos, continua como opção no banco de reservas. Ele mesmo reconhece que ainda não tem condições de atuar os 90 minutos "dentro da dinâmica pedida pela comissão técnica". Ivo Secchi, auxiliar de Vadão, lembra que Adrianinho vem sendo "moldado para participar mais das jogadas e não ficar isolado numa parte do campo". A Ponte Preta está invicta no Rio-São Paulo. Empatou com o Vasco da Gama, em 3 a 3, na estréia e depois venceu o Santos, por 3 a 1. O Americano perdeu seus dois jogos e ainda não somou ponto na competição.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2002 | 15h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.