Ponte busca substituto para matador

A principal preocupação do técnico Nelsinho Baptista para enfrentar o Corinthians nas semifinais da Copa do Brasil é encontrar um substituto para o atacante Washington, maior artilheiro do Brasil no momento. Uma missão que a princípio parece impossível. "Não há como ser igual, mas estamos buscando dentro do elenco um jogador que possa fazer as vezes do Washington", comentou Nelsinho, que não terá mais o atacante na competição.Existem várias opções para o comando de ataque. A mais natural é a entrada de Macedo, ex-São Paulo, e que vinha sendo titular até o último jogo, quando acabou perdendo a vaga para Régis. Outra alternativa é Delmer, gaúcho que veio do Caxias-RS e ainda não convenceu, mas ele tem a seu favor o fato de ter sido recomendado pelo próprio Washington. A terceira opção é o avanço do meia Marco Aurélio, que já desempenhou esta função em outras oportunidades. "Vou testar tudo isso. Mas tenho toda a semana para decidir", disse Nelsinho.O primeiro jogo pelas semifinais está marcado para dia 3 de junho, no estádio Benedito Teixeira, o Teixeirão, em São José do Rio Preto. A preferência da Ponte era atuar em Limeira, devido a proximidade com Campinas, o que facilitaria a presença da torcida. O segundo acontecerá em Presidente Prudente, dia 6, com mando do Corinthians.De qualquer forma, atuar em dois campos neutros foi considerada uma vitória para os dirigentes da Ponte, que já lamentavam o fato de ter que atuar duas vezes em São Paulo. O estádio Moisés Lucarelli comporta, atualmente, 23 mil torcedores, bem menos do que os 40 mil exigidos pelo regulamento dentro das semifinais.A dúvida sobre o substituto de Washington já havia desde o momento de sua convocação para a seleção brasileira. A direção da CBF chegou a liberar o jogador da viagem para o Japão, mas a diretoria da Ponte preferiu não atrapalhar o sonho do artilheiro de ser titular da seleção brasileira. "Não seria justo com o atleta", ponderou o diretor de futebol, Marco Antônio Eberlim.Ponte e Corinthians jamais se enfrentaram pela Copa do Brasil. No último confronto entre os dois times, válido pelo Campeonato Paulista, a Ponte venceu por 3 a 1, curiosamente, com três gols de Washington. Desta vez, o artilheiro não estará em campo para defender a artilharia da Copa do Brasil, com 11 gols, um recorde na competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.