Ponte cautelosa sobre Washington

Para evitar surpresas desagradáveis, a diretoria da Ponte Preta só pretende anunciar oficialmente a venda de Washington para o Fenerbahce, da Turquia, quando estiver com todo o dinheiro nas mãos. E não se trata de pouca coisa. São US$ 5 milhões, suficientes para sustentar o departamento de futebol do clube de Campinas até o final desta temporada.A negociação, porém, já estaria concretizada, segundo foi anunciado nos últimos dias em Istambul, capital turca. A direção da Ponte age com cautela, mesmo porque teve que driblar vários intermediários e também sabe de uma pendência jurídica do Fenerbahce com a FIFA, por causa de uma ação impetrada pelo empresário Vincenzo Morabito.Washington passa férias em Aracaju-SE, mas está pronto a viajar para Istambul, acompanhado de seu procurador, Gilmar Rinaldi. Após definir os últimos detalhes sobre esta transação, a diretoria da Ponte pretende iniciar a busca por reforços para o Campeonato Brasileiro da Série A. Um deles já está definido: o lateral-direito Daniel, que estava no Palmeiras. Os direitos federativos do jogador são divididos em duas partes iguais entre Palmeiras e Ponte, o que facilitou o acordo. Só falta, agora, acertar o salário com Daniel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.