Ponte cederá ônibus para torcedores irem ao Canindé

Última vez que a equipe campineira fez esta ação foi durante a disputa da Copa Sul-Americana, no final do ano passado

Estadão Conteúdo

14 de outubro de 2014 | 20h38

Lutando pelo acesso e até pelo título na Série B do Brasileiro, a Ponte Preta espera contar com o seu torcedor até nos jogos fora de casa. Para atrair uma grande massa à partida desta sexta-feira, às 19h30, contra a Portuguesa, no Estádio do Canindé, em São Paulo, a diretoria do time campineiro disponibilizará ônibus a todos os torcedores que quiserem comparecer ao jogo.

Para fazer parte da caravana, o torcedor deve confirmar presença até o meio dia de sexta-feira, na sala do Torcedor Camisa 10, no Estádio Moisés Lucarelli. Diante da confirmação, ele receberá um papel impresso com a reserva, que deverá ser apresentado na porta de entrada dos veículos.

A última vez que a Ponte Preta fez esta ação de disponibilizar ônibus para torcedores foi durante a disputa da Copa Sul-Americana, no final do ano passado. O time de Campinas cedeu ônibus aos interessados para a partida de semifinal, contra o São Paulo, em Mogi Mirim, e para a final, contra o Lanús, no Pacaembu.

LUSA

Na Portuguesa, o técnico Vagner Benazzi já adiantou que pretende montar um time ofensivo para o duelo de sexta-feira "Estamos encarando de frente. Não deixamos de jogar nem de criar oportunidades", analisou.

Apesar da avaliação otimista, os números não são muito favoráveis à Lusa. O time não vence na Série B há exatas dez rodadas. Acumulou quatro empates e seis derrotas no período. A má fase derrubou o time para a lanterna, com 21 pontos.

Em compensação, a Ponte Preta não perde há oito rodadas, com seis vitórias e dois empates. Além disso, o time campineiro venceu os últimos cinco jogos como visitantes. "Desde o final de semana estamos pensando no jogo contra a Ponte Preta, que é um adversário difícil de se vencer e que está em um bom momento", finalizou Benazzi.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaPortuguesaSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.