Ponte confiante para segurar Figueirense

A Ponte Preta espera ratificar sua ascensão no Campeonato Brasileiro contra o Figueirense, neste sábado, às 18h10, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 44 pontos, o time campineiro espera segurar o desespero do adversário, com 34 pontos e tentando fugir do rebaixamento. A Ponte espera manter o retrospecto positivo de jamais ter perdido para o Figueirense na capital catarinense.Foram dois jogos no Sul. No confronto geral, o retrospecto também é favorável à Ponte: em seis jogos disputados, venceu três, empatou dois e perdeu um. Curiosamente a única derrota para os catarinenses aconteceu em Campinas, em 2004, por 2 a 0. No primeiro turno, no Majestoso, a Ponte venceu por 2 a 1, pela 12.ª rodada. No meio de semana, os dois estiveram em campo disputando os jogos remarcados em virtude do escândalo da arbitragem. A Ponte venceu o São Paulo, por 2 a 0, em Campinas, enquanto o Figueirense empatou com o Juventude, fora de casa, por 2 a 2.O técnico Estevam Soares confirmou o volante Carlinhos no lugar de Ângelo, suspenso com três cartões amarelos. Em princípio, esta deverá ser a única mudança na equipe. O meia Danilo será mantido como ala-esquerdo e o time o esquema 3-5-2. Com relação ao atacante Edmundo, que vem se destacando pelo time catarinense, o treinador disse que não irá realizar nenhuma marcação especial. Mas exigirá uma atenção redobrada de seus jogadores de marcação. "O Edmundo está jogando demais e precisa ser vigiado, mas não elaboramos nenhum plano especial de marcação. Mas é claro que o cuidado tem que ser redobrado", disse o treinador, que novamente não poderá contar com Luciano Baiano, Tico e Éverton, contundidos. Pela manhã houve um treino coletivo e após o almoço a delegação seguiu para Santa Catarina.

Agencia Estado,

21 de outubro de 2005 | 17h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.