Ponte contrata psicóloga para reagir

A Ponte Preta vive uma situação inusitada no Campeonato Brasileiro, onde não vence há oito jogos e perdeu sete vezes seguidas após liderar a competição por oito rodadas. É difícil achar uma explicação para este retrospecto, tanto que a direção do clube junto com a comissão técnica convocaram a renomada psicóloga Susy Fleury para conversar com os jogadores. Segundo o treinador Estevam Soares, esta atitude foi tomada justamente para elevar o moral de seus comandados. "Precisamos recuperar a auto-estima dos jogadores. Esta fase de derrotas abalou profundamente o emocional deles", comentou. Especialista na área esportiva, Susy Fleury já prestou seus serviços para técnicos e clubes de peso como Vanderlei Luxemburgo, Levir Culpi, Oswaldo Oliveira, entre outros. Nesta sexta-feira, ela conversou por cerca de duas horas com o elenco ponte-pretano, que realiza intertemporada na cidade de Porto Feliz. E poderá voltar outras vezes se considerar necessário. Psicologia à parte, Estevam espera contar com alguns reforços para a partida contra o Paysandu, em Belém, na próxima quarta-feira. O atacante Tico e o zagueiro Preto, que já estão liberados, poderão estrear. A Ponte Preta é a 11.ª colocada, com 33 pontos ganhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.