Jota Carvalho/Ponte Press
Jota Carvalho/Ponte Press

Ponte crê em boa campanha contra cariocas para vencer

Equipe está invicta fora de casa contra adversários do Rio

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2013 | 08h25

CAMPINAS - Motivada pela vitória sobre o Coritiba, a Ponte Preta agora aposta no retrospecto para surpreender o Fluminense, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ainda invicta atuando como visitante contra clubes cariocas, a equipe campineira encara o time tricolor, neste sábado, às 16 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Antes de enfrentar o Fluminense, a Ponte Preta já venceu o Flamengo por 2 a 0, em Juiz de Fora (MG), e o Botafogo por 1 a 0, no mesmo Maracanã. Além disso, empatou com o Vasco por 1 a 1, em São Januário. Nada menos que sete dos 11 pontos que os paulistas somaram como visitantes foram contra os clubes cariocas.

Este sábado é encarado como uma das "quatro decisões" traçadas pela comissão técnica e pelos jogadores. Além do Coritiba, também fazem parte da lista os duelos contra Vasco, em casa, e Criciúma, fora. "Foi um divisor de águas (o jogo contra o Coritiba). Se nós perdêssemos o jogo aqui em casa, seria quase impossível nos salvarmos", ressaltou o atacante William. O desempenho nestes quatro jogos poderá deixar o time em boas condições para as últimas seis rodadas, na luta contra o rebaixamento. A última vitória fez a Ponte Preta chegar aos 29 pontos, mas ainda na penúltima posição. São cinco pontos a menos que o próprio Coritiba, o primeiro time fora da zona de queda.

Um dos principais problemas do técnico Jorginho é o desgaste físico de alguns jogadores. Os casos que mais preocupam são os do zagueiro Diego Sacoman, do volante Baraka e do atacante William. Apesar disso, o trio deve ir para o jogo. O desfalque será o volante reserva Fernando Bob, que está impedido de jogar por pertencer ao próprio Fluminense. A única alteração em relação ao último jogo deve ser o retorno do zagueiro Ferrón, que estava suspenso. Ele, entretanto, deve voltar no lugar do lateral-direito Régis. E César deve ser deslocado para a ala. "Vai ser uma semana bem cansativa", afirmou César, lembrando que o time viaja neste domingo para a Colômbia, onde enfrentará o Deportivo Pasto, na terça-feira, pela Copa Sul-Americana. No jogo de ida, em Campinas, a Ponte Preta venceu por 2 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.