Ponte cumpre punição na Copa Interior

A Ponte Preta vai participar da Copa Interior, organizada pela Federação Paulista de Futebol, basicamente para cumprir os três jogos de suspensão impostos no último Campeonato Paulista. A afirmação foi feita pelo vice-presidente, Marco Antônio Eberlin, que também tenta justificar o inchaço do elenco, que tem quase 40 jogadores. O clube foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) com a perda de três mandos de campo por causa dos incidentes com sua torcida em Jundiaí, nas quartas-de-finais do Paulistão, ocorrida no dia 20 de março, no estádio Jaime Cintra. Na ocasião, a briga entre as duas torcidas ganhou destaque na imprensa e resultou aos clubes a perda de três mandos e também uma multa de R$ 50 mil. Como a primeira fase da Copa Interior prevê 10 jogos, a metade seria realizada em Campinas. A Ponte, no caso, fará apenas dois jogos no Majestoso, porque três serão disputados fora da cidade para cumprir a punição. Participam da competição 36 clubes, divididos em seis grupos de seis. A Ponte está incluída no Grupo 3, ao lado de Independente de Limeira, União São João, Rio Claro, XV de Jaú e Noroeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.