Ponte demite Wanderley Paiva após empate com São Bento

Wanderley Paiva não é mais técnico da Ponte Preta. O treinador foi demitido depois do empate por 2 a 2 com o São Bento, sábado à noite, no Estádio Moisés Lucarelli, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. Nelsinho Baptista é o mais cotado para assumir a vaga. ?Nada no mundo do futebol é surpresa para mim. Estou no mundo da bola desde que me entendo por gente. Eu só digo uma coisa: não duvidem da minha honestidade. Tudo o que eu fiz foi pensando no melhor para o clube?, afirmou o treinador que teve carta branca para contratar. Paiva dirigiu a Ponte Preta em 15 partidas e não teve bom retrospecto. Foram três vitórias, quatro empates e oito derrotas desde o dia 7 de outubro do ano passado, quando estreou no triunfo por 3 a 1 sobre o Juventude, no Moisés Lucarelli, pelo Campeonato Brasileiro. Nome mais forte para assumir o time campineiro, Nelsinho já passou pelo clube. Recentemente, o técnico teve passagens discretas por Santos e São Caetano depois que retornou do futebol japonês. Outra novidade nesta segunda-feira pode ser a volta do lateral-direito André Cunha, ex-Palmeiras. O acordo já está feito, mas faltam alguns detalhes como exames médicos e assinatura do contrato. O jogador teve sua última passagem pela Ponte em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.