Ponte desiste de Ricardinho e acerta com Guto Ferreira

Em sua 1.ª passagem pelo clube de Campinas, treinador participou de 41 jogos e obteve 19 vitórias, 11 empates e 11 derrotas

AE, Agência Estado

24 de julho de 2014 | 14h13

Depois de firmar um acordo verbal com Ricardinho e ver grande rejeição por parte dos torcedores, a Ponte Preta resolveu cancelar o contrato com o ex-meia do Corinthians e acertou o retorno de Guto Ferreira para o comando do time. Será a segunda passagem do técnico, que comandou o clube entre 2012 e 2013.

Em sua última passagem na Ponte Preta, Guto Ferreira participou de 41 jogos, com 19 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. Um aproveitamento de 55,28%. Após sair do clube, ele acertou com a Portuguesa onde chegou com a missão de salvar a equipe do rebaixamento no Brasileirão.

E conseguiu, pelo menos em campo. A Portuguesa terminou a competição em 12.º lugar na tabela, mas a escalação irregular do jogador Héverton, na última rodada, foi que decretou a queda para a Série B.

O novo técnico da Ponte Preta estava no Figueirense até a noite de quarta-feira, quando foi demitido após a eliminação na Copa do Brasil. O time catarinense anunciou Argel Fucks para a sequência do Brasileirão.

A contratação do treinador pegou todos de surpresa os ponte-pretanos, que já estavam conformados com a chegada de Ricardinho. A tática da direção da Ponte de pré-acordar com um treinador para ver a reação da torcida já virou rotineira. Antes de Ricardinho, Silas e Marco Aurélio já tinham conversado com os dirigentes e, ao perceber a rejeição, o clube tentou outros nomes.

Em busca do retorno para a Série A, a Ponte Preta está na 10.ª posição do Campeonato Brasileiro da Série B, com 17 pontos, quatro a menos que o Luverdense, quarto colocado. O time volta a campo no próximo sábado, às 16h20, para enfrentar o Vasco, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Guto Ferreira estará no banco de reservas.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.