PontePress/ÁlvaroJr
PontePress/ÁlvaroJr

Ponte e Atlético-GO empatam e deixam Bragantino na liderança da Série B

Em Campinas, equipes não conseguiram tirar o zero do placar nesta terça-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2019 | 23h44

A Ponte Preta recebeu o Atlético Goianiense na noite desta terça-feira, no Estádio Moisés Lucarelli, e não saiu de um empate sem gols, em jogo válido pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado acabou sendo bom para o Bragantino, que continuou na liderança.

Com o resultado, a Ponte, que soma nove jogos de invencibilidade, chega aos mesmos 19 pontos do time de Bragança Paulista, mas perde no número de vitórias: 6 a 5. O Atlético, por sua vez, soma 18, na terceira posição. Ambos ainda podem ser ultrapassados por Botafogo, Londrina, Figueirense e Paraná, todos com 16.

Valendo a liderança da Série B, Ponte Preta e Atlético Goianiense resolveram ser mais cautelosos e se arriscaram pouco durante o primeiro tempo. O duelo foi muito brigado, com o time campineiro com um leve domínio. Aos 6 minutos, Marquinhos cruzou para Camilo. O volante cabeceou rente à trave.

A principal chance do time campineiro foi aos dez. Marquinhos avançou pela esquerda e cruzou para Matheus Vargas, que ajeito para Roger. O atacante foi travado na hora da finalização. A resposta veio com Pedro Raul. O atacante recebeu de Mike e cabeceou para defesa de Ivan, com o peito.

Antes do apito, a Ponte Preta pressionou o Atlético e voltou a perder outra boa oportunidade. Em nova jogada pelo lado esquerdo, Henrique Trevisan cruzou, Maurício Kozlinski tentou afastar, mas jogou nos pés de Marquinhos. Nicolas chegou no momento preciso para impedir o arremate e salvar o clube goiano.

O segundo tempo foi ainda mais equilibrado. O Atlético se fechou e tentou anular as principais chances da Ponte, que chegou aos cinco minutos, com Diego Renan. O lateral arriscou o chute de fora da área e exigiu grande defesa de Kozlinski.

João Carlos e Roger também tentaram converter para a Ponte Preta, mas erraram o alvo. Pelo lado do Atlético, Mike chegou com perigo, após passe de Jarro Pedroso. O atacante jogou por cima do gol de Ivan.

Antes do apito final, a Ponte Preta ainda conseguiu chegar com João Carlos, mas Kozlinski assegurou o empate. Na sobra, Gerson Magrão jogou para fora a última chance do time campineiro de abrir o marcador.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Bragantino na terça-feira, às 20h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). No mesmo dia e horário, o Atlético-GO recebe o Botafogo-SP no Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 0 x 0 ATLÉTICO-GO

PONTE PRETA - Ivan; Diego Renan, Renan Fonseca, Airton e Henrique Trevisan (Isac); Edson, Camilo, Marquinhos (João Carlos), Matheus Vargas e Gerson Magrão (Alex Maranhão); Roger. Técnico: Jorginho.

ATLÉTICO-GO - Maurício Kozlinski; Jonathan, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas; André Castro, Moacir e Jorginho; Matheuzinho, Pedro Raul (Jarro Pedroso) e Mike. Técnico: Wagner Lopes.

CARTÕES AMARELOS - Airton, Gerson Magrão, Henrique Trevisan e Marquinhos (Ponte Preta); Moacir e Pedro Raul (Atlético-GO).

ÁRBITRO - Luiz César de Oliveira Magalhães (CE).

RENDA - R$ 42.915,00.

PÚBLICO - 4.621 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.