Ponte e Atlético-PR empatam em Campinas

A Ponte Preta só empatou com o Atlético-PR, por 2 a 2, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, completando sete jogos e 85 dias sem vitórias em casa. Este novo tropeço rendeu muitas vaias de sua torcida, preocupada com o dérbi marcado para sábado, contra o seu maior rival, o Guarani. A Ponte chegou aos 40 pontos, um a menos que o clube paranaense no Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando fora de casa, o Atlético-PR começou mandando na partida. Logo aos sete minutos, Dagoberto bateu falta pela esquerda e Luciano Santos, sozinho, cabeceou por debaixo das pernas do goleiro Lauro. A Ponte acordou com o gol. Ronildo quase marcou aos 15 minutos após chutar no ângulo de Diego, que fez grande defesa. O empate veio aos aos 28 minutos. Gigena fez boa jogada pela direita e a bola sobrou para Marquinhos - que voltava ao time após cumprir suspensão - fazer, enfim, seu primeiro gol com a camisa do time campineiro. Apesar do empate, os jogadores pontepretanos demonstravam nervosismo no segundo tempo. O Atlético se aproveitou disso e voltou a dominar o placar aos 17 minutos, quando Roger perdeu a bola para Dagoberto que deixou Ilan em condições de completar sem muito trabalho: 2 a 1. A partir daí a situação ficou ainda pior, porque a torcida começou a vaiar o time e a xingar o técnico Abel Braga por causa de suas substituições. Mas o técnico Mário Sérgio também se perdeu ao tirar o atacante Ilan para a entrada do zagueiro Daniel. Ele chamou o desesperado time da Ponte para cima do sua própria defesa. Só restava ao time campineiro um jeito para escapar de outro vexame em casa: lançar as bolas para o centroavante Gigena. Num destes levantamentos, o argentino não conseguiu ajeitar a bola que sobrou para o chute de Rafael Marques, que empatou aos 32 minutos. O empate foi um alivio para o time campineiro, não evitando, porém, as vaias da torcida. O Atlético se deu por satisfeito com um ponto conquistado fora de casa. A Ponte volta a campo sábado, contra o Guarani, no dérbi de Campinas. O Atlético enfrentará o Coritiba, no Atletiba, também no sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.