Ponte e Coritiba empatam sem gols

Num jogo de poucas emoções, Ponte Preta e Coritiba empataram sem gols, neste domingo à tarde, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A Ponte agora soma 11 pontos, enquanto o Coritiba chegou aos sete. Se o time paranaense voltou a campo com seis pontos recuperados no STJD, entrou no Majestoso com três importantes desfalques no ataque por contusão: Zé Mário, Tuta e Aristizábal. Na Ponte, uma mudança de última hora com a confirmação de Alan no lugar de Bill, suspenso. Era para Rafael Santos ter entrado, mas o técnico Estevam Soares optou pelo esquema 3-5-2, com Terrão caindo pelo lado esquerdo. O jogo ficou muito concentrado no meio-de-campo. O Coritiba insistia atacar com Josafá, enquanto a Ponte continuava impotente com Anselmo, sem mobilidade e sem levar qualquer ameaça ao goleiro adversário. A principal chance de gol saiu do lado do time de Campinas, quando André Cunha deixou Alexandre, na pequena área, em condições de finalizar. Ele estava sozinho, mas ao invés de apenas completar para as redes, encheu o pé e a bola tocou na trave aos 30 minutos. Aos 36 minutos, os ponte-pretanos reclamaram de uma possível penalidade máxima, sem bola, de Ataliba sobre Vânder. Apesar das tentativas dos dois técnicos em melhorar o jogo, pouco mudou no segundo tempo. O sonolento Anselmo deixou sua vaga para Flávio, no ataque da Ponte, enquanto André Nunes saiu no ataque do Coritiba para a entrada de Bruno. A Ponte não conseguia chegar ao ataque por causa da fragilidade de seus alas, André Cunha e Terrão, enquanto o Coritiba não parecia preocupado em atacar se contentando apenas com o empate. No próximo fim de semana, a Ponte enfrentará o Paraná, na capital paranaense. O Coritiba, sábado, recebe o Atlético Mineiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.