Ponte e Guarani apoiam Liga Nacional

O presidente do Guarani, José Luiz Lourencetti, confirmou nesta segunda-feira à noite em Campinas, que a criação da Liga Nacional formada a partir do Clube dos 13 vai beneficiar a todos os seus integrantes. E garante que os direitos do seu clube serão resguardados em sua totalidade."Não vai haver nenhuma mudança agora. A Liga vai cuidar dos interesses dos clubes no próximo ano e o Guarani está entre eles", explicou o presidente, que participou da reunião do Clube dos 13, realizada à tarde, em São Paulo.O presidente da Ponte Preta, Sérgio Carnielli, também participou da reunião e garante que embora seu clube não faça parte do Clube dos 13, terá seus direitos garantidos em qualquer competição nacional. "Os clubes reconhecem que garantimos nossos direitos dentro de campo. Disso, não há discussão", lembrou o presidente. A Ponte também seria um dos clubes fundadores da nova entidade nacional.O clube retornou à elite nacional em 1997, quando conquistou o vice-campeonato da Série B. Em 1998, a Ponte subiu para a primeira divisão de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.