Ponte e Portuguesa prometem bom duelo em Campinas

Time de Campinas tenta se aproximar da liderança; na Lusa, objetivo é não se distanciar do G-4 do Paulistão

Agência Estado,

01 de março de 2008 | 14h33

Inconformada após a derrota em casa para o Corinthians, por 1 a 0, na rodada passada, que a retirou da liderança do Campeonato Paulista, a Ponte Preta recebe a Portuguesa, em busca da reabilitação. A partida válida pela 12.ª rodada acontece neste domingo, às 18h10, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Veja também: Classificação Próximos jogos / Últimos resultados Na Ponte, o objetivo é bem claro: não deixar o Guaratinguetá disparar na liderança. Na tabela, o time de Campinas tem 22 pontos e está na segunda posição, cinco ponto atrás do líder. Se perder, a Ponte corre o risco de ser ultrapassada por Barueri, Corinthians e São Paulo. A Lusa, com campanha irregular, está em posição intermediária, com 16 pontos. O time da capital faz a primeira da série de três partidas que deve definir seu futuro no Paulistão. Depois da Ponte, a Portuguesa encara São Paulo e Guaratinguetá. A semana acabou marcada pela informação lançada de que o técnico Vágner Benazzi teria chamado alguns clubes de "cavalos paraguaios". Mas o técnico, que teria falado isso em Barueri, logo tratou de colocar pingos nos "is": "Jamais faria uma coisa dessas, pela minha própria experiência e pela minha origem humilde. Falei sim, que alguns times que estavam lá em cima iriam cair. Na época, nem a Ponte Preta estava bem posicionada", explicou Benazzi, que gostaria de ser bem recebido em Campinas. Independentemente disso, o técnico Sérgio Guedes sabe que será importante para a Ponte Pre Ponte PretaAranha; Eduardo Arroz, Jean, César e Vicente; Deda, Bilica, Elias e Renato; Luis Ricardo e WanderleyTécnico: Sérgio GuedesPortuguesaAndré Luiz; Zé Maria, Halisson, Marco Aurélio e Bruno Recife; Dias, Erick, Carlos Alberto e Preto; Rogério e ChristianTécnico: Vágner BenazziÁrbitro: Robério Pereira PiresEstádio: Moisés Lucarelli, em CampinasHorário: 18h10ta jogar ao lado de sua torcida. Para isso, a fórmula é simples: mostrar volume de jogo e inflamar a torcida. "Não podemos dar chances para o adversário, jogando de forma solidária. É preciso proteger bem a defesa, mas também é necessário se criar e aproveitar as situações de gols lá na frente", concluiu. A Ponte, que antes tinha perdido do Barueri, vai ter três mudanças. No meio-campo, os volantes Deda e Bilica retornam após cumprirem suspensão automática. No ataque, Marcelo Soares não foi liberado pelo departamento médico e existe uma dúvida sobre quem será o companheiro de Wanderley. As opções são Luis Ricardo, Danilo Neco e Leandro. Esta dúvida será mantida até momentos antes do jogo. Na Portuguesa, o técnico Vágner Benazzi não deve alterar o time que venceu o Ulbra Ji-Paraná por 3 a 1, durante a semana, pela primeira fase da Copa do Brasil. Suspenso, o zagueiro Bruno Rodrigo será o único desfalque. Halisson, ex-Santos, será o escolhido.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1PortuguesaPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.