Ponte empata e perde chance de encostar na liderança

No sufoco, equipe paulista faz 1 a 1 contra o Boa apenas aos 39 do segundo tempo

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2011 | 00h05

VARGINHA - A Ponte Preta desperdiçou a oportunidade de encostar na líder Portuguesa no Campeonato Brasileiro da Série B. Atuando no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), o time campineiro ficou no empate diante do Boa por 1 a 1, nesta terça-feira, pela 17.ª rodada. O time mineiro vencia o jogo com gol de Jheimy até aos 39 minutos do segundo tempo, quando Mancuso conseguiu o empate, cobrando falta.

Desta maneira, o Boa chegou aos 23 pontos e aparece na 13.ª colocação, conseguindo manter uma distância razoável da zona de rebaixamento. A Ponte Preta permanece na segunda colocação, agora com 33 pontos, ficando a três da líder Portuguesa, que foi derrotada pelo Vila Nova por 1 a 0, no Canindé.

O Boa mostrou logo no começo que jogar em casa era fundamental para buscar a vitória e foi ao ataque. Após criar algumas boas oportunidades, o time mineiro teve sua melhor chance para abrir o placar aos 15 minutos. Jheimy foi derrubado por Guilherme dentro da área e o árbitro Wagner Reway assinalou a penalidade máxima. Waldison cobrou no canto direito e marcou o gol, mas o árbitro mandou voltar assinalando que a área foi invadida antes do toque na bola. Na segunda vez, Waldison mudou o lado da cobrança e acerta a trave esquerda de Julio César. Após isso, o primeiro tempo foi carente de chances de gol.

Na etapa final, o Boa manteve a tática de pressionar logo no começo e chegou ao gol logo aos 6 minutos. Jheimy aproveitou cruzamento de Waldison e livre pelo lado esquerdo empurrou para o gol vazio.

Após o gol do time mineiro, a Ponte Preta melhorou bastante e lutou até o final para chegar ao empate. Aos 39 minutos, Mancuso cobrou falta no canto esquerdo de Luis Henrique e deixou tudo igual. No final, os dois times tiveram boas oportunidades para chegarem à vitória, mas a igualdade prevaleceu.

Agora, pela 18.ª rodada, os times voltam a campo na próxima sexta. O Boa enfrenta o Náutico, às 20h30, no estádio dos Aflitos, no Recife. Já a Ponte Preta atua no mesmo horário diante do ABC, no estádio Frasqueirão, em Natal.

BOA - 1 - Luiz Henrique; Carlos César, Thiago Carvalho, Pablo e Igo (Marinho Donizete); Claudinei, Olívio, Moisés (Gian Cléber) e Carlos Magno; Waldison e Jheimy (Waldo). Técnico: Nedo Xavier.

PONTE PRETA - 1 - Júlio Cesar; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel (João Paulo); Xaves (Gerson), Mancuso, Renato Cajá e Renatinho; Ricardinho (Lúcio Flávio) e Ricardo Jesus. Técnico: Gilson Kleina.

Gols - Jheimy, aos 6, e Mancuso, aos 39 minutos do segundo tempo; Cartões amarelos - Igo e Waldison (Boa); Uendel, Ferrón, Leandro Silva, Guilherme e Júlio César (Ponte Preta); Árbitro - Wagner Reway (MT); Renda e público - Não disponíveis; Local - Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.