Divulgação
Divulgação

Ponte empata e segue invicta, mas fica sem a liderança

Time agora é segundo colocado, com o mesmo número de pontos que o São Paulo

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2013 | 20h44

A Ponte Preta provou do próprio veneno, na noite deste domingo, e não conseguiu recuperar a liderança do Paulistão, que tinha sido perdida no dia anterior para o São Paulo. Agora vice-líder, o time esbarrou na forte marcação do São Bernardo e só conseguiu arrancar o empate por 1 a 1 já nos minutos finais, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela nona rodada do campeonato.

Com o empate, a Ponte Preta se mantém como único invicta no Paulistão e segue sem perder há seis meses no seu estádio. Está agora com 19 pontos, mesma pontuação do líder São Paulo, mas atrás pelo número de gols marcados: 17 a 13. Já o São Bernardo continua na zona de rebaixamento, com apenas seis pontos.

Apostando numa forte marcação, assim como a Ponte Preta costuma fazer contra seus adversários, o São Bernardo foi a Campinas com a proposta de se defender e teve êxito. Sobretudo, após conseguir o gol aos 15 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, o atacante Fernando Baiano aproveitou uma sobra e mandou no canto esquerdo do goleiro Edson Bastos, fazendo 1 a 0.

A partir do gol, a partida virou um duelo de ataque contra defesa. A Ponte Preta tentou de todas as formas buscar o gol, mas esbarrou em uma eficiente marcação armada pelo técnico Wagner Lopes. O gol de empate saiu na base da pressão. Aos 37 minutos do segundo tempo, o volante Ferrugem avançou pelo lado direito do ataque e cruzou rasteiro para a área. O atacante William pegou de primeira para marcar.

No próximo sábado, a Ponte Preta volta campo para enfrentar o Linense, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins. Também pela 10ª rodada do Paulistão, o São Bernardo recebe o Ituano no domingo.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 1 X 1 SÃO BERNARDO

PONTE PRETA - Edson Bastos; Cicinho, Cléber, Ferrón e Uendel; Baraka, Bruno Silva (Ferrugem), Wellington Bruno (Chiquinho) e Ramirez; Diego Rosa (Alemão) e William. Técnico - Guto Ferreira.

SÃO BERNARDO - Wilson Junior; Régis, Luciano Castán, Fernando Lombardi e Gleidson; Dudu, Daniel Pereira, Naldinho (Kléber) e Bady (Wagner Diniz); Ricardinho e Fernando Baiano (Radar). Técnico - Wagner Lopes.

GOLS - Fernando Baiano, aos 15 minutos do primeiro tempo; William, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza.

CARTÕES AMARELOS - Ferrugem (Ponte Preta); Dudu, Naldinho, Wilson Júnior e Luciano Castán (São Bernardo).

RENDA - R$ 52.756,00.

PÚBLICO - 3.244 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.