Victor Garcia/Atlético-GO
Victor Garcia/Atlético-GO

Ponte empata fora com Atlético-GO e pode ver distância para o G-4 aumentar

Equipes ficaram no 0 a 0 nesta segunda-feira, no Antônio Accioly, em Goiânia

Redação, Estadão Conteúdo

14 de outubro de 2019 | 23h01

A Ponte Preta segurou o empate sem gols diante do Atlético Goianiense, nesta segunda-feira, em pleno estádio Antônio Accioly, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, o time campineiro pode ver a distanciar para o G4 aumentar.

Há três jogos sem perder, a Ponte Preta terminou a noite na oitava posição, com 40 pontos, contra 43 do Coritiba, que ainda entrará em campo na rodada - o time paranaense pega o São Bento. Já o Atlético-GO, que anunciou nesta segunda a contratação do técnico Eduardo Barroca, ex-Botafogo, está em terceiro, com 48.

O primeiro tempo foi de poucas emoções. A Ponte Preta propôs um jogo mais truncado, e conseguiu anular o Atlético. O time campineiro segurou o rival, que pouco criou, mas ficou aquém do esperado, já que, até por se tratar de um confronto direto, precisaria buscar o resultado positivo para se aproximar do G4.

Comandado de forma interina por Eduardo Souza, o Atlético teve de contornar as vaias e os pedidos por Matheuzinho vindos das arquibancadas. O time goiano criou apenas uma chance, em cabeceio de Aylon, que parou em uma defesa fácil de Ygor Vinhas. O lance que mais chamou a atenção foi o cartão amarelo recebido pelo técnico Gilson Kleina, que o tirou do próximo compromisso da Ponte Preta na Série B.

O segundo tempo foi totalmente diferente. O Atlético se abriu e saiu em busca da vitória. Mike tentou duas vezes, e em uma delas ficou na defesa de Ygor Vinhas. A Ponte Preta começou aos poucos a ter mais volume de jogo e pressionar, mas antes acabou sofrendo um susto.

Aos 21 minutos, Mike fez linda jogada e deixou com Moacir. O volante soltou o pé para defesa milagrosa de Ygor Vinhas. A resposta da Ponte Preta foi imediata. Roger recebeu livre de marcação e buscou o ângulo de Kozlinski. A bola passou muito perto, fazendo com que alguns torcedores comemorassem o gol que não saiu.

Antes do apito final, o time campineiro quase colocou tudo a perder. Marquinhos entrou forte em Mike e acabou expulso. Com um a mais, o Atlético pressionou, mas não chegou ao gol. Já a Ponte ainda obrigou Kozlinski a defender uma última tentativa, no arremate de Araos.

Na próxima rodada, o Atlético-GO enfrentará o Botafogo-SP na quinta-feira, às 19h15, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. No sábado, a Ponte Preta pega o Bragantino, às 16h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 0 PONTE PRETA

ATLÉTICO-GO - Maurício Kozlinski; Reginaldo, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas; André Castro (Matheuzinho), Moacir e Jorginho; Jairinho (Victor Paraíba), Aylon (Rodrigo Rodrigues) e Mike. Técnico: Eduardo Souza (Interino).

PONTE PRETA - Ygor Vinhas; Diego Renan, Renan Fonseca, Airton e Guilherme Guedes; Washington, Camilo (Araos), Lucas Mineiro (Edson), Renato Cajá (Gerson Magrão) e Marquinhos; Roger. Técnico: Gilson Kleina.

ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

CARTÕES AMARELOS - Jorginho, Gilvan e Mike (Atlético-GO); Lucas Mineiro e Gilson Kleina (Ponte Preta).

CARTÃO VERMELHO - Marquinhos (Ponte Preta).

RENDA - R$ 38.290,00.

PÚBLICO - 2.251 pagantes.

LOCAL - Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.