Ponte, enfim, encontrou o ataque titular

A vitória sobre o Corinthians deu um alívio dos jogadores e da comissão técnica da Ponte Preta. Os três pontos praticamente garantiram uma das vagas à próxima fase do Campeonato Paulista. Mas, melhor do que isso, segundo o técnico Estevam Soares, é o que o time apresentou um bom futebol.Além disso, o clube começa a dar a volta por cima depois de viver 2003 em meio a muitas turbulências. Tanto que lutou contra o rebaixamento no Paulistão e também no Brasileiro.O clima agora é diferente, de muita confiança, mas sem euforia. "Estão falando que já estamos classificados, mas não acredito nisso. Prefiro ressaltar o bom futebol apresentado pela equipe", disse Estevam. "Todos mostraram garra e vontade. Com isso o time construiu a vitória."A partida contra o Corinthians também foi decisiva para a definição do time titular. A grande dúvida até então era a dupla de ataque, na qual foram testados Anselmo, Weldon, Rafael Ueta, Kleber e Rafael Godoy.Mas, contra o Corinthians, a dupla de frente só foi definida algumas horas antes do jogo. "Estava analisando o Corinthians, pois sabia que eles iam reforçar a marcação. Assim, decidi colocar o Weldon", explicou Estevam, que já havia confirmado a manutenção de Anselmo.Para o bem da Ponte, a opção deu certo. Tanto que Weldon foi o herói do time ao marcar o segundo gol, quando o Corinthians pressionava em busca do empate. E Anselmo também teve boa participação."Acredito que tive muita sorte em marcar o gol e ajudar o time", comemorou o atacante Weldon, que acabou entrando para a história do clube de Campinas. O seu gol foi o de número 1500 da Ponte em campeonatos paulistas.Outro destaque da partida, o ala-direito André Cunha também não escondeu a felicidade por marcar o primeiro gol oficial com a camisa da Ponte. "Vencer o Corinthians já é muito bom. Marcar gol, então, é melhor ainda", disse o j ogador.Nesta segunda-feira, o elenco ganhou folga e se apresenta na terça, quando começa a treinar para o jogo contra o Atlético Sorocaba, domingo, pela penúltima rodada do Paulistão.

Agencia Estado,

01 de março de 2004 | 17h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.