Ponte entra em campo mais aliviada

A vitória sobre o Juventus, por 3 a 0, na quarta-feira, deu maior tranqüilidade à Ponte Preta. Mais distante da zona de rebaixamento, o time de Campinas entra em campo menos pressionado neste sábado, às 17 horas, contra a Portuguesa, no estádio Canindé, em São Paulo. A vitória no meio de semana tirou a Ponte da penúltima colocação e a colocou no terceiro lugar do grupo 1 do campeonato Paulista, com seis pontos.Para o técnico Estevam Soares, os três pontos deixaram o clima no estádio Moisés Lucarelli mais leve. "Havíamos empatado os três primeiros jogos e os jogadores estavam ansiosos pela vitória. Agora, o time deve ficar até mais solto dentro de campo", acredita.Para o confronto contra a Portuguesa, o treinador admite ter duas grandes dúvidas e promete desvendá-las somente no vestiário, momentos antes do jogo. O volante Marcus Vinícius retorna de suspensão, mas ainda não está confirmado no lugar de Ângelo, que teve atuação destacada contra o Juventus. No ataque, Kléber, que entrou no segundo tempo e fez dois gols, tem grandes chances de ganhar a vaga de Weldon ao lado de Anselmo, outro que também foi muito elogiado."Vamos aguardar o momento da partida para definir, até porque o Romeu sente dores musculares e ainda fará um teste em São Paulo", explica Estevam. Caso Romeu seja vetado, Ângelo e Marcus Vinícius formarão a dupla de volantes.O time realizou um rápido rachão pela manhã e após o almoço seguiu para a capital. A diretoria definiu a contratação do zagueiro Gustavo, de 23 anos, revelado pelo Guarani e com passagem pelo futebol russo e pelo Goiás. E também pode confirmar no começo da semana o acerto com o volante Claudecir, ex-Palmeiras, mas apenas para o Campeonato Brasileiro.Já o zagueiro Carlos Alberto foi emprestado ao Mogi Mirim e o atacante Adilson seguiu para o São José, onde disputará a Série A2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.