Ponte joga favoritismo para o Paulista

Embora tenha ressaltado nos últimos dias o bom retrospecto da Ponte Preta fora de casa - duas vitórias, dois empates e uma derrota -, o técnico Estevam Soares acredita que o Paulista é favorito para o jogo de sábado, às 18 horas, pelas quartas-de-final do Campeonato Paulista. Para o treinador, o time de Jundiaí já possui a base montada, enquanto a Ponte foi armada nesta competição. "Eles se conhecem muito bem, pois jogam juntos há mais de um ano. Nós ainda estamos no começo de um trabalho." Além disso, Estevam também levou em consideração as campanhas na primeira fase. Enquanto a Ponte somou 13 pontos e terminou no terceiro lugar do Grupo 1, o Paulista contabilizou 22 e ficou em segundo do Grupo 2. Para essa partida, o técnico ainda possui uma dúvida para definir os 11 titulares: o atacante Anselmo, que se recupera de uma lesão muscular na coxa direita. Caso tenha condições de jogo, ele será substituído pelos meias Roger ou Rafael Ueta. Com o objetivo de preparar seus jogadores para uma decisão, Estevam voltou a realizar os treinamentos desta quinta-feira no mesmo horário da partida: 18 horas. E a entrada no Moisés Lucarelli foi limitada à imprensa e apenas a alguns privilegiados torcedores. Quarta-feira o elenco já havia feito o treinamento noturno para se adaptar ao horário e também para evitar desgaste físico. O elenco já está concentrado para o jogo decisivo de sábado.

Agencia Estado,

18 de março de 2004 | 18h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.