Ponte muda critérios de contratação

Depois do desempenho irregular no Campeonato Brasileiro, a diretoria da Ponte Preta promete mudar seus critérios para contratações em 2003. E a primeira mediada é reduzir em 40% o valor da sua folha de pagamento. Tanto que, até o momento, só foram anunciados três reforços. Um deles é o atacante Itamar, do Iraty-PR e que marcou quatro gols pelo Palmeiras no Brasileirão. Outro é o meia Luizinho Vieira, vice-campeão brasileiro da Série C pelo Marília. O terceiro é Wesley, um meia apontado como revelação do Londrina na Série B.Neste caso, a diretoria reconhece que faz um contrato de risco. "É o tipo de jogador que precisa da chance para atuar num clube de estrutura, como a Ponte Preta. E que tem qualidades técnicas para dar certo", argumenta o vice-presidente de futebol, Marco Antonio Eberlim.Os contratos do goleiro Hiran e do lateral-esquerdo Elivélton foram renovados. A próxima meta é manter o lateral-direito Luciano Baiano, que tem seus vínculos federativos presos ao Ituano. Dia 3 de janeiro, o técnico Abel Braga inicia seu trabalho no clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.