Ponte pode perder mais um jogador

A crise financeira, agravada pelos efeitos negativos da Lei Pelé, deixaram a Ponte Preta refém de seus jogadores. Há muito desencontro de informações, mas o clube está prestes a perder seu 20º jogador na temporada. Há uma semana o zagueiro Rodrigo não aparece no Majestoso. Conhecido por ser do tipo "estopim curto", Rodrigo desapareceu após a derrota para o Santos, por 4 a 3, em Campinas. Ele marcou um gol, mas cometeu um pênalti e falhou em outro gol santista, sendo muito criticado pela torcida. O técnico Abel Braga, já calejado com tantos problemas semelhantes, nem se abala mais com a possibilidade de ficar sem seu zagueiro. "Vivemos uma situação complicada. Não estamos em condição de cobrar muito e esses garotos estão mostrando muito profissionalismo". Os salários no clube estão atrasados há vários meses, apesar do esforço da diretoria em equacionar o problema como também tentar arrumar dinheiro para pagar prêmios ao time nos últimos quatro jogos que vão definir a permanência do time na Série A. Com 45 pontos, a Ponte ocupa a 22ª posição, portanto, na zona de rebaixamento. Seus últimos quatro jogos são considerados difíceis. Enfrenta o Coritiba, dia 22, na capital parananense, depois recebe o São Paulo, em Campinas, pega o Flamengo, no Rio, e encerra sua participação em casa diante do Fortaleza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.