Ponte pode ter parceira inglesa em 2006

Aliviada por escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, apenas após a vitória na última rodada sobre o Brasiliense, por 3 a 1, a Ponte Preta tem um fio de esperança de que a temporada 2006 será diferente. A reeleição do presidente Sérgio Carnielli, no dia 12, pode significar uma possível parceria com um grupo investidor inglês. ?Realmente existem negociações neste sentido, mas estamos mantendo os detalhes em sigilo?, confirmou o dirigente, ressaltando a importância do time se manter na elite do futebol nacional. ?Sem parceria não se toca futebol hoje em dia?, concluiu. Ele espera que no próximo ano as dificuldades sejam menores. A Ponte terminou em 18.º lugar, com 51 pontos - acima apenas dos quatros clubes rebaixados para a Série B. A chapa única de situação ?Sempre, Ponte Preta? deve ser aclamada. Uma semana depois a diretoria espera definir 75% do elenco para, a partir de 3 de janeiro, iniciar a pré-temporada visando o Campeonato Paulista. Os jogadores ficarão até o dia 9 treinando num Centro de Treinamento localizado na cidade de Porto Feliz (SP). Nelsinho Baptista, ex-Santos, é o mais cotado para dirigir a equipe.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2005 | 18h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.