Ponte prepara homenagem para ex-atacante Washington

Um dos maiores ídolos recentes da Ponte Preta, o agora ex-atacante Washington será homenageado pelo time de Campinas no próximo domingo, antes da partida contra o Palmeiras, pela última rodada da fase de classificação do Paulistão, no estádio Moisés Lucarelli. Ele dará o pontapé inicial do jogo.

AE, Agência Estado

11 de abril de 2011 | 16h01

"Tenho um carinho enorme pela Ponte Preta, foi o time no qual passei uma das melhores fases da minha carreira. Foi a Ponte que me deu condição de chegar à seleção brasileira. Tenho muita saudade do Majestoso (Moisés Lucarelli) e da torcida, que adoro", afirmou o ex-atacante, que anunciou sua aposentadoria em janeiro.

Washington chegou à Ponte Preta em 1998, aos 23 anos, mas não teve grande destaque. Voltou depois, em 2000, e viveu ótima fase, sendo artilheiro do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil e vice do Brasileirão, sempre em 2001. O desempenho permitiu que, no mesmo ano, ele fosse convocado pela primeira vez à seleção brasileira.

Ele lamenta não ter voltado à Ponte antes de se aposentar: "Tenho enorme carinho pela torcida e muita saudade. Gostaria de ter jogado de novo pela Ponte, mas não deu. Para mim, foi uma honra vestir uma camisa tão prestigiada e tradicional como a da Ponte", destaca Washington, que, em 2002, fez 34 gols em 50 jogos e considera aquele o melhor ano de sua carreira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaWashingtonPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.