Fábio Leoni|Divulgação
Fábio Leoni|Divulgação

Ponte Preta acerta detalhes de acordo com o Esporte Interativo

Clube tenta fechar contrato de transmissão de jogos a partir de 2019

Estadão Conteúdo

21 de março de 2016 | 19h41

Há dois anos na elite do futebol brasileiro, a Ponte Preta terá uma semana de decisões importantes. Isso porque o clube ainda negocia com o Esporte Interativo os direitos de transmissão para TV fechada a partir de 2019. De acordo com o vice-presidente Giovanni Dimarzio, a direção ainda não assinou contrato, mas deve definir fazer isso logo após a Páscoa.

"A gente ainda não assinou o contrato, pois ainda faltam acertar alguns detalhes. Mas até a próxima semana já vamos ter uma definição", comentou. De acordo com o Esporte Interativo, os valores oferecidos aos clubes são superiores que os da proposta da concorrente Rede Globo.

O vice-presidente aproveitou para explicar o que ocorrerá em caso de rebaixamento da Ponte Preta no Campeonato Brasileiro. De acordo com ele, se o clube estiver na Série B em 2019, o contrato deixa de ter valor legal e o clube terá que negociar novamente seus direitos de transmissão para TV fechada. "O acordo vale apenas para o Brasileirão. A Série B a gente negocia direto com a CBF e eles vendem os direitos".

Justamente por isso o clube já está de olho na competição nacional. Se na última temporada a Ponte chegou a sonhar com a classificação à Copa Libertadores, este ano o time começou em baixa. Até agora são três vitórias, quatro empates e três derrotas no Campeonato Paulista, com apenas 13 pontos no Grupo B e ainda brigando contra o rebaixamento. Na quarta-feira, a Ponte Preta recebe o Mogi Mirim, pela 11.ª rodada do Estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.