Divulgação
Divulgação

Ponte Preta aguarda aval de Carpegiani para contratar

Diretoria decidiu não ir atrás de reforços enquanto não tiver o aval do treinador

AE, Agência Estado

24 de junho de 2013 | 19h33

CAMPINAS - A Ponte Preta não tem pressa para anunciar reforços para o Campeonato Brasileiro. O clube de Campinas preferiu abrir mão da pausa para a Copa das Confederações, tempo que os possíveis reforços poderiam ganhar entrosamento. Tudo para que os novos contratados cheguem em conformidade com o técnico Paulo César Carpegiani.

Em sua apresentação, na quarta-feira, o treinador pediu para conhecer o elenco antes de apontar quais são as maiores carências do grupo. Isso só deve acontecer a partir do próximo domingo, quando termina a intertemporada na cidade de Águas de Lindoia. "Vamos ter paciência. Vamos aguardar a avaliação do Carpegiani para contratar em comum acordo", informou o gerente de futebol Marcus Vinícius.

O dirigente admitiu que a troca de treinador - Guto Ferreira foi demitido após a quarta rodada - atrapalhou. Com a mudança, a diretoria optou por esperar, até mesmo para que o novo técnico indique algum nome. "Estamos negociando. O Carpegiani também tem os nomes deles, mas vamos esperar", despistou.

Apesar do despiste, Marcus Vinícius revelou que é quase certa a chegada de um novo zagueiro. "Isso já está certo por conta da provável saída do Cléber", afirmou sobre o jogador, que tempo propostas de Corinthians e Internacional. Um meia também deve ser anunciado. Por enquanto, quem já treina com o grupo é o garoto Giovani, de 19 anos, meia emprestado pelo Corinthians. Mas ele é considerado "uma aposta" e não uma solução imediata.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.