Ponte Preta ainda acredita na virada

A Ponte Preta ainda acredita que pode reverter a situação nas semifinais da Copa do Brasil diante do Corinthians. Mesmo após a derrota, por 2 a 0, no primeiro jogo, técnico e jogadores sonham em vencer o adversário, quarta-feira, em Presidente Prudente, por dois gols de diferença para chegar à final da competição. Mas existem muitos obstáculos a superar, como as ausências confirmadas do artilheiro Washington e do experiente zagueiro Ronaldão."O Washington faz falta para qualquer time. Ele era o ponto de referência do ataque da Ponte", confirma o técnico Marco Aurélio, que gostaria também de contar com a experiência de Ronaldão, comandando a defesa. O atacante, artilheiro do Paulistão com 16 gols e da Copa do Brasil com 11 gols, está servindo a seleção brasileira. O zagueiro ainda não se sente seguro em jogar depois de sofrer uma contusão no joelho esquerdo. "Não acredito que vai dar para jogar nesta quarta-feira. Meu retorno tem que ser mais lento e gradual", disse.Por conta destas ausências é que Marco Aurélio justifica a escalação surpreendente de André Santos, em São José do Rio Preto. Ele entrou no lugar de Ronaldão, apesar de estar sem jogar há 90 dias, por causa de uma contusão no joelho. O jogador acha que não comprometeu. "Senti a falta de ritmo, mas agüentei bem o jogo todo".Outros dois argumentos para a derrota inicial foi a proibição para atuar no estádio Moisés Lucarelli, onde o time tem aproveitamento de quase 80%. Longe de sua torcida, a Ponte Preta não consegue reeditar suas grandes atuações.Além de ficar sem Washington e Ronaldão, o técnico perdeu mais dois jogadores para o segundo jogo: o volante Fabinho e o meia Marco Aurélio. Os dois receberam o terceiro cartão amarelo e vão cumprir a suspensão automática. O meio-campista Roberto deve ganhar nova chance, mas a escalação do time será conhecida apenas momentos antes do jogo.O elenco está concentrado desde o retorno de São José do Rio Preto. Os titulares participaram de uma sessão de hidroginástica na tarde desta segunda-feira, enquanto os reservas treinaram. A equipe realiza um treino coletivo na manhã desta terça-feira em Campinas e viaja às 15 horas para Presidente Prudente, em vôo fretado.

Agencia Estado,

04 de junho de 2001 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.