Ponte Preta ainda procura um treinador

Mesmo sem ter um treinador definido, a Ponte Preta treinou normalmente nesta quarta-feira, sob o comando do gerente de futebol, o ex-zagueiro Ronaldão. Ele comanda o elenco interinamente após a saída de Estevam Soares, que se transferiu para o Palmeiras. O dirigente disse que não pensa em ser efetivado no cargo, mas se for solicitado pela diretoria até promete pensar no assunto.Se até o jogo de sábado, contra o Juventude, no estádio Moisés Lucarelli, um treinador não for contratado, Ronaldão deve dirigir a equipe, função que nunca exerceu dentro do futebol. Apesar disso, ele é técnico formado pela Unicamp."Nesse momento de transição, vou levar para os atletas a minha experiência como jogador. Conheço bem o grupo e a forma de jogar de cada um deles. É um elenco que tem qualidades, está entre os primeiros do campeonato e, portanto, não terei dificuldades", afirmou Ronaldão.Marco Aurélio Moreira, ex-Palmeiras, Cruzeiro e a própria Ponte, e Wanderley Paiva, campeão goiano de 2004 com o Crac, de Catalão, são os nomes mais cotados para assumir o time de Campinas. Curiosamente, os dois atuaram juntos no meio-campo da Ponte Preta, na equipe que disputou o título paulista de 1977, quando o Corinthians quebrou um jejum de 23 anos sem ser campeão.Nesta quarta-feira, os jogadores treinaram em dois períodos, na preparação para o jogo contra o Juventude, sábado, às 16 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O volante Marcus Vinícius, que foi poupado na partida contra o Paraná, na última rodada, para evitar problemas jurídicos, volta ao time titular. O também volante Ângelo, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, já não tem sua volta garantida. Flávio, que fez sua estréia, agradou muito ao treinador interino. "O Flávio fez uma partida perfeita e, se depender de mim, ele estará em campo. É um grande jogador e não podemos desperdiçar o seu bom futebol", comentou Ronaldão.O zagueiro Alexandre, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, deve ser substituído por Luís Carlos ou Rafael Santos. O lateral-esquerdo Bill, que também cumpriu suspensão de dois jogos, volta no lugar de Alan. Existe a especulação de que Bill poderia ir para o Palmeiras por indicação de Estevam Soares. A diretoria da Ponte, porém, desmentiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.