Ponte Preta anuncia ex-zagueiro Ronaldão como novo diretor de futebol

Aos 52 anos, tetracampeão mundial assume lugar de Helio Kanzo, que acumulava a função com a vice-presidência

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2017 | 23h50

A Ponte Preta surpreendeu ao anunciar na noite desta quarta-feira mais um reforço para a próxima temporada. Mas ele não é para dentro de campo e sim para fora das quatro linhas. Tetracampeão pela seleção brasileira em 1994, o ex-zagueiro Ronaldão será o novo diretor de futebol do clube.

+ Corinthians deve ceder Marciel à Ponte Preta por empréstimo

Ronaldão assume o lugar de Hélio Kazuo, que deixou o cargo para ser apenas o segundo vice-presidente - no ano passado ele exerceu as duas funções. O novo dirigente já teve um primeiro contato com o gerente de futebol Gustavo Bueno para ficar por dentro da montagem do elenco. Ele é aguardado em Campinas no começo de janeiro.

"Teremos que nos readequar ao orçamento que hoje é nossa realidade. Pretendo incentivar e investir muito na interação entre nosso time profissional e a base. Com muita seriedade, traçar objetivos bem definidos e conquistá-los", afirmou o novo dirigente pontepretano.

Ronaldo Rodrigues de Jesus tem 52 anos e foi revelado nas categorias de base do Rio Preto, mas se destacou mesmo com a camisa do São Paulo, clube que defendeu entre os anos de 1986 e 1993, conquistando inúmeros títulos - foi bicampeão brasileiro, bicampeão da Libertadores e bicampeão do Mundial de Clubes, entre outras taças. O ex-zagueiro disputou mais de 300 jogos pela equipe tricolor.

Depois, passou por Shimizu S-Pulse-JAP, Flamengo, Santos e Coritiba até chegar na Ponte em 1998. Ficou quatro temporadas até pendurar as chuteiras. Pela seleção brasileira, Ronaldão disputou 14 partidas e marcou três gols. Ele fez parte do elenco tetracampeão mundial em 1994.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.