Ponte Preta apresenta Nelsinho Baptista como novo treinador

Para não correr o risco de a Ponte Preta enfrentar o Palmeiras com um técnico interino, a diretoria agilizou o acerto com Nelsinho Baptista. Ele foi apresentado na manhã desta terça-feira no Estádio Moisés Lucarelli como substituto de Wanderley Paiva e vai comandar o coletivo da tarde e também já avisou que vai precisar de reforços ?para colocar o time nos eixos?. A estréia oficial acontece nesta quarta-feira, às 21h45, pelo Paulistão.Esta é a terceira vez que Nelsinho comanda a Ponte Preta, onde começou a carreira como jogador, na década de 60. Seu contrato é verbal, até dezembro, com salário de R$ 60 mil. Na visão do presidente Sérgio Carnielli "o salário é abaixo do que o Nelsinho precisa e acima do que a Ponte queria pagar".Junto com o novo comandante chega ao clube seu filho, Eduardo Baptista, que é fisicultor. Carlos Gallo deve continuar na função de auxiliar técnico. O acordo saiu depois de dois encontros, o último deles na segunda-feira à noite. A Ponte prioriza não extrapolar o valor de R$ 30 mil para um treinador, mas diante das dificuldades para se encontrar o profissional ideal, optou por pagar o dobro a Nelsinho e ter a garantia de um técnico experiente.Na apresentação, Nelsinho Baptista afirmou que deve pedir alguns reforços à diretoria. ?A Ponte é um time em formação. Precisamos observar os jogadores e na necessidade do time, vou pedir à diretoria alguns reforços?, afirmou.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2007 | 14h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.