Ponte Preta arranca empate e continua no G-4

Em outro jogo da 17.ª rodada, Barueri vence o Noroeste e também sonha com vaga às semifinais do Paulistão

Redação,

26 de março de 2008 | 22h21

O Rio Claro não deixou a lanterna do Campeonato Paulista. Ele evitou a sua quarta derrota consecutiva ao empatar com a Ponte Preta, por 1 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Estádio Schimitão, em Rio Claro, pela 17.ª rodada do Campeonato Paulista. Veja também: Classificação Calendário / ResultadosO resultado não valeu muita coisa ao time da casa, porque ainda é o lanterna, com 12 pontos, e muito cotado para ser rebaixado à Série A-2. A Ponte chegou aos 31 pontos e ainda sonha com uma vaga nas semifinais. Tudo agora vai depender das últimas duas rodadas. A Ponte Preta vai receber o Noroeste, sábado, em Campinas, e depois vai se despedir desta fase contra o Santos, na Vila Belmiro. O Rio Claro vai jogar sábado, de novo, em casa, diante do Santos, e depois encerra sua participação contra o Marília, na casa do adversário. O time da casa começou o jogo em alta velocidade e abriu o placar aos quatro minutos. Mirandinha desceu pelo lado esquerdo, foi à linha de fundo e cruzou para trás. Luciano dividiu com a defesa e tocou com o pé direito, fora do alcance do goleiro Aranha: 1 a 0.A Ponte só melhorou quando o técnico Sérgio Guedes trocou o esquema 3-5-2 pelo ortodoxo 4-4-2. O empate, porém, saiu somente aos 13 minutos do segundo tempo, quando Elias entrou sozinho na área e chutou cruzado. O Rio Claro ainda tentou ir ao ataque, criou algumas chances e as desperdiçou. Nos últimos dez minutos, a Ponte Preta imprimiu um ritmo forte e poderia até ter conseguido a vitória. BARUERI SEGUE NA LUTACom show do irreverente centroavante André Neles, o Barueri se recuperou da derrota contra o Marília, na rodada passada, e venceu o Noroeste por 3 a 0, na Arena Barueri, na grande São Paul.Com a vitória contra um dos concorrentes diretos, o Barueri soma agora 29 pontos ganhos, na quinta colocação na tabela. Nos dois últimos jogos, o time joga sua classificação contra Portuguesa e Palmeiras. O Noroeste, em nono lugar, com 26 pontos, afastou a chance de vaga no G-4. Na próxima rodada, a equipe de Bauru encara a Ponte Preta.Mesmo contando com o artilheiro do Estadual (Pedrão, com 11 gols), o Barueri contou com a noite inspirada de André Neles. Logo aos quatro minutos, o atacante aproveitou a chance e finalizou com perfeição. Vinte minutos depois, novamente André foi às redes e desmotivou o Noroeste. No final, aos 43 minutos, o centroavante aproveitou bate-rebate na área e concluiu para o fundo do gol.LUTA PARA EVITAR O REBAIXAMENTOO Marília fez bem a lição de casa e praticamente disse adeus ao risco de rebaixamento no Campeonato Paulista. Em um jogo bastante disputado, o time mariliense venceu o Ituano por 2 a 0, no Estádio Bento de Abreu.A vitória colocou os donos da casa assumiram a 14.ª colocação, com 19 pontos. Já os visitantes, que brigam pelo título do Interior, estão no 12.º lugar, com 23 pontos.Depois de um primeiro tempo sem grandes emoções, o Marília para o ataque na segunda etapa e conseguiu marcar dois gols no final. Aos 33 minutos, o lateral-direito Júlio César tentou cruzar da direita, a bola pegou efeito em direção ao gol e o goleiro Diego acabou falhando. O time mandante sacramentou a vitória, com um gol do atacante Amilton, que bateu na saída do goleiro, após contra-ataque, aos 48’.No próximo domingo, às 16 horas, o Marília volta a campo para enfrentar o Corinthians, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Enquanto isso, o Ituano vai até Mirassol enfrentar o time da casa, no mesmo dia, às 18h10, no Estádio José Maria de Campos Maia. Rio Claro1Gilson; André Cunha (Eric), Toninho, Douglão e PC (Guilherme); Douglas Peruíbe, Cléber Gaúcho (Marcelo Henrique    ), Ivan     e Silas; Luciano e MirandinhaTécnico: Edu Marangon Ponte Preta1Aranha; César, Jean e João Paulo (Fabiano Campos    ); Eduardo Arroz    , Deda, Renato    , Elias e Vicente; Wanderley e Luis Ricardo (Leandro    )Técnico: Sérgio GuedesGols: Luciano, aos 6 minutos do 1.º tempo. Elias, aos 13 minutos do 2.º tempoÁrbitro: Rodrigo BraghettoRenda: R$ 26.100,00Público: 2.007 pagantesEstádio: Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro, SP Marília2Júlio César, Gum, Fernando e Serginho; Rafael Fefo, Alan (Romeu), Camilo     e Tiago Rodrigues; Miro Bahia (Amilton) e Fábio (Nicolas)Técnico: Ruy Scarpino Ituano0Diego; Ângelo (Marcus Vinícius), Anderson Lima      e Lino    ; Peter, Almir, Serginho (Éder), Vinícius e Murilo Ceará; Alex Afonso e Edmílson (Moacir)Técnico: ZettiGols: Júlio César, aos 33, e Amilton, 48 minutos do 2.º tempoÁrbitro: Otávio Corrêa da SilvaRenda: R$ 93.795,00Público: 9.463 pagantesEstádio: Bento de Abreu, em Marília, SP Barueri3Renê; Marcos Pimentel     , Diego, Duílio e Márcio Careca; Max Carrasco    , Rodrigo Pontes, Flávio     (Éder) e Júlio César (Guigov); André (Fernando) e PedrãoTécnico: Márcio Araújo Noroeste0Fabiano; Edylton    , Éder Monteiro, Anderson Marques e Marcelo Santos; Júlio    , Ralf (Luciano Bebê), Éder Satílio (Alexandre    ) e Edno; Leandrinho (Gilsinho) e VandinhoTécnico: Márcio BittencourtGols: André, aos 4, 24 e 43 minutos do 1.º tempoÁrbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de SouzaRenda: R$ 26.490,00Público: 1.704 pagantesEstádio: Arena Barueri, em Barueri, SP São Caetano0Júlio César; Rogério      (Rafinha), Neto, João Paulo e Andrezinho; Daniel, Ademir Sopa, Hernani     e Douglas; Tico     (Luan) e MarcelinhoTécnico: Pintado Bragantino0Gilvan; Cris    , Vanderlei e Hugo    ; Somália    , Kadu     (Mário), Tiago Matos    , Léo (Malaquias) e Fabiano    ; Bruno e Didi (André Gaspar)Técnico: Marcelo VeigaÁrbitro: Cléber Wellington AbadeRenda: R$ 1.275,00Público: 126 pagantesEstádio: Walter Ribeiro, em Sorocaba, SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.