Ponte Preta bate Americano e avança na Copa do Brasil

Em Campinas, time ganha por 2 a 1 e agora aguarda a definição do ganhador de Coritiba e CSA

AE, Agencia Estado

05 Maio 2009 | 23h37

A Ponte Preta levou sustos, mas afastou a zebra chamada Americano e com uma vitória por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, se classificou às quartas-de-final da Copa do Brasil. O argentino Savóia abriu o marcador logo na primeira etapa. Flávio Medina empatou no início do segundo tempo. Mas o garoto Danilo Neco marcou um golaço e confirmou a classificação.

Veja também:

Copa do Brasil - tabela Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Na próxima fase, o time de Campinas deve encarar o Coritiba, que goleou o CSA por 4 a 0 no primeiro jogo, em Maceió, na semana passada. Paranaenses e alagoanos jogam nesta quarta para definir mais uma vaga nas quartas da competição nacional.

A Ponte Preta foi superior na primeira etapa e contou com a estrela do técnico Marco Aurélio. Ele barrou Márcio Mixirica, herói na conquista do Título do Interior do Campeonato Paulista, e apostou em Savóia, que aos 18 minutos, pegou rebote e marcou para o time campineiro.

No segundo tempo, logo aos 2 minutos, após troca de passe, Flávio Medina fez boa jogada e tocou na saída do goleiro Aranha para empatar. O Americano quase virou, mas a Ponte Preta contou com a habilidade de Danilo Neco para se classificar. Aos 18, o garoto, mesmo cercado por três zagueiros, passou por todos, arrancou e marcou um golaço.

O time de Campos até tentou o empate, que valeria a classificação, mas após a expulsão de Ernani jogou a toalha.

NOVO ESTÁDIO

Em reunião do Conselho Deliberativo, foi aprovado, na noite de segunda, o Projeto Arena Ponte Preta, que prevê a construção de um estádio multiuso, além da alienação do atual, o Moisés Lucarelli. Agora, cerca de mil associados com direito a voto têm de aprovar a obra, que oferecerá 30 mil vagas em cadeiras cobertas, estacionamento e complexo de lojas. O atual estádio deve ser vendido, mas a condição é que a fachada seja mantida, como um memorial.

PONTE PRETA 2 X 1 AMERICANO

Ponte Preta - Aranha; Guilherme, Gum, Jean e Marrom (Gercimar); Deda, Tinga, Bilu e Juan Marchisio (Romeu); Danilo Neco e Savóia. Técnico: Marco Aurélio.

Americano - Jefferson; Elson, Carlão e Anderson; Flávio Medina, Paulo Henrique, Pirão, Eberson e Ernani; Diego Sales e Kieza. Técnico: Toninho Andrade.

Gols - Savóia, aos 18 minutos do primeiro tempo; Flávio Medina, aos 2, e Danilo Neco, aos 18 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Juan Marchisio, Bilu, Deda e Jean (Ponte Preta); Everton, Paulo Henrique e Pirão (Americano).

Cartão vermelho - Ernani (Americano).

Árbitro - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

Renda - 41.272,00.

Público - 3.644 pagantes.

Local - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.