Ponte Preta bate Guaratinguetá com gol no último lance

Em jogo marcado por queda de energia, time de Campinas vence com gol de Renan aos 50 minutos do 2.º tempo

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2010 | 22h55

A Ponte Preta conseguiu retornar ao G-4, o grupo de acesso, do Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o Guaratinguetá por 3 a 2, em jogo emocionante disputado nesta terça-feira, no estádio Dário Rodrigues Leite, em Guaratinguetá, pela 23.ª rodada. Antes da bola rolar houve falta de energia que atrasou o jogo em aproximadamente 40 minutos. No final da partida, o time de Campinas provou ter reserva de energia para buscar a virada aos 50 do segundo tempo.

 

Veja também:

SÉRIE B - tabelaClassificaçãolistaTabela

Assim, o Guaratinguetá se manteve com 33 pontos e segue em posição intermediária na tabela de classificação. Já a Ponte Preta chega aos 40 pontos e volta a vencer após três rodadas.

Com a queda de energia quando os times já estavam em campo, o primeiro tempo começou com 20 minutos de atraso. Logo no primeiro minuto, a energia faltou novamente e o jogo ficou parado por mais 20 minutos. O apagão parece ter afetado os times, que criaram poucas oportunidades de gol. Como visitante, a Ponte Preta esteve mais perto do gol e exigiu algumas defesas por parte do goleiro Jaílson. O Guaratinguetá sentiu dificuldades para entrar na área adversária e criou pouco.

Na etapa final, a equipe de Campinas encontrou uma luz em seu caminho, sofreu apagão quando tinha um jogador a mais, mas provou saber economizar energia e buscou a vitória e novamente o G-4. Aos 12 minutos, o time de Campinas abriu o placar. Ivo arrancou em velocidade pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro. Reis, livre na pequena área, apenas desviou para as redes.

Com um jogador a mais após a expulsão do goleiro Jailson, a Ponte Preta permitiu a virada. Aos 27 minutos, o goleiro Saulo chutou para o campo de ataque e o zagueiro Léo Oliveira desviou de cabeça. A bola encobriu Eduardo Martini e foi para dentro do gol: 1 a 1. Aos 33, Lúcio Flávio fez o segundo dos donos da casa. Ele completou, na pequena área, o cruzamento do lado esquerdo.

O empate do time campineiro saiu aos 39 minutos. O zagueiro Éverton falhou na tentativa de aliviar e William chutou fraco. A bola bateu no goleiro e entrou devagar para o gol: 2 a 2. No último minuto de jogo, Renan aproveitou cruzamento de Guilherme e marcou o gol da vitória ao desviar de cabeça: 3 a 2, aos 50 minutos.

Pela 24.ª rodada, o Guaratinguetá encara o Santo André, neste sábado, às 21 horas, no estádio Bruno José Daniel, em Santo André. Já a Ponte Preta enfrenta o São Caetano, nesta sexta, também às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

GUARATINGUETÁ - Jailson; Régis (Saulo), Éverton, Gustavo Bastos e Renato Peixe; Goeber, Galiardo (Gercimar), Léo Silva e Marcinho (Vágner Carioca); Lúcio Flávio e Serginho. Técnico: Roberto Fonseca.

PONTE PRETA - Eduardo Martini; Eduardo Zamarioli (Daniel Lovinho), Léo Oliveira, Leandro Silva (Moacir) e Bruno Collaço; Guilherme, Josimar, Souza e Ivo; Reis (Renan) e William. Técnico: Jorginho.

Gols - Reis, aos 12, Léo Oliveira (contra), aos 27, Lúcio Flávio, aos 33, William, aos 39, e Renan, aos 50 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Gustavo Bastos (Guaratinguetá); Ivo (Ponte Preta). Cartões vermelhos - Jailson (Guaratinguetá); Léo Oliveira (Ponte Preta). Árbitro - Milton Etsuo Ballerini (SP). Renda - R$ 21.630,00. Público - 1.537 pagantes. Local - Estádio Dário Leite Rodrigues, em Guaratinguetá (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.