Ponte Preta bate Joinville e segue na briga pelo G4 do Brasileirão

A Ponte Preta continua fazendo história neste Campeonato Brasileiro. Nesta noite de sábado, venceu o Joinville por 1 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 33.ª rodada. Com isso, ficou na sétima posição, com 50 pontos, e se reabilitou da derrota para o Atlético-MG na rodada passada. Assim, ainda sonha com uma vaga na Copa Libertadores.

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2015 | 21h49

Esta vitória também faz a Ponte Preta atingir sua melhor campanha na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro. Em 2012, os campineiros somaram 48 pontos. O que comprova a bela campanha na edição do Brasileirão desta temporada, apenas três pontos atrás do São Paulo, que fecha o G4.

Em compensação, o Joinville segue na briga contra o rebaixamento. O revés mantém o time na penúltima posição, com 30 pontos ganhos. Está a cinco do Avaí, primeiro fora da zona de descenso.

A Ponte Preta iniciou o jogo pressionando o Joinville. Forçou bastante com a velocidade do lateral-direito Rodinei, a todo instante tentando encontrar o centroavante Borges na área. O Joinville, no entanto, soube se defender e com o decorrer do jogo melhorou e merecia deixar o primeiro tempo com a vantagem no placar.

Aos 23 minutos, Marcelinho Paraíba recebeu bola na área e viu a chegada de Anselmo. Ele chutou colocado e acertou o travessão do goleiro Marcelo Lomba. Antes do intervalo, Lomba voltou a aparecer em mais três lances de perigo. Todas as jogadas saindo dos pés de Marcelino Paraíba.

A Ponte voltou para a etapa final no ataque. Melhor em campo, encontrou o seu gol. Aos nove minutos, Rodinei recebeu bom passe e cruzou rasteiro. O zagueiro Guti tentou cortar e mandou contra o próprio patrimônio. Apesar do gol contra claro, a arbitragem deu o gol para o ponte-pretano. A Ponte Preta segurou o resultado com toque de bola. Levou sustos, mas saiu de campo com mais três pontos valiosos.

A Ponte Preta volta a campo no próximo sábado para enfrentar o Internacional, às 17 horas, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Enquanto o Joinville recebe o Santos no domingo, às 18 horas, na Arena Joinville, em Joinville.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 1 X 0 JOINVILLE

PONTE PRETA - Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Juninho; Elton, Fernando Bob (Josimar) e Cristian; Biro Biro, Borges e Felipe Azevedo (Diego Oliveira - Clayson). Técnico: Felipe Moreira.

JOINVILLE - Agenor; Edson Ratinho, Rafael Donato, Guti e Diego; Kadu (Fernando Viana), Naldo e Anselmo; Silvinho (Lucas Crispim), Marcelinho Paraíba e Edigar Junior (Ítalo). Técnico: PC Gusmão.

GOLS - Rodinei, aos nove minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marielson Alves Silva (BA).

CARTÕES AMARELOS - Rodinei, Juninho e Fernando Bob (Ponte Preta); Edson Ratinho, Guti, Kadu, Lucas Crispim e Naldo (Joinville).

RENDA - R$ 65.780,00.

PÚBLICO - 4.858 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.