Ponte Preta breca saída do volante Bruno Silva para o Vasco

Na segunda-feira, o Vasco já estava dando como certa a contratação do volante Bruno Silva. O caso, porém, teve uma reviravolta e o jogador permanecerá na Ponte Preta, ao menos até o final do Campeonato Paulista. A diretoria do clube campineiro não se animou com a proposta vascaína e garantiu que o atleta faz parte dos planos do técnico Guto Ferreira.

Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2015 | 19h33

Apesar do interesse em permanecer na Chapecoense, onde realizou um bom Campeonato Brasileiro, Bruno Silva foi convocado para se apresentar na Ponte Preta, dona de seus direitos. No clube campineiro, a permanência do jogador era dada como incerta até esta terça-feira, quando a diretoria confirmou que conta com o volante para o Paulistão. O atleta já havia acertado com o Vasco e precisava da liberação para ser anunciado oficialmente.

Bruno Silva chegou à Ponte Preta em 2013, contratado junto ao Avaí, porém, foi pouco aproveitado, principalmente por problemas extra-campo. Depois, foi emprestado para o Atlético-PR e em seguida para a Chapecoense. O jogador é conhecido por sua técnica com a bola nos pés, sabe sair jogando e ainda faz a função de primeiro volante.

Com a indefinição de seu futuro, Bruno Silva ficou entre os reservas no amistoso diante do Rio Branco, mas voltou a treinar normalmente com o restante do elenco nesta terça.

Agora, ele deve brigar por posição no meio de campo da Ponte com Fernando Bob e Dedé, a dupla que vem sendo titular com Guto Ferreira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPonte PretaVascoBruno Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.