Fábio Leoni/Ponte Press
Fábio Leoni/Ponte Press

Ponte Preta cede empate para o Avaí e segue longe do G-4 na Série B

Equipe de Campinas termina rodada na décima colocação, com 26 pontos

Estadão Conteúdo

04 Agosto 2018 | 21h49

Graças a um pênalti cometido por Júnior Santos aos 45 minutos do segundo tempo, a Ponte Preta perdeu a chance de encostar no G-4, a zona de acesso, e só empatou com o Avaí por 2 a 2, na noite deste sábado, na Fonte Luminosa, em Araraquara, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro da Série B.

+ Ferroviário perde para o Treze, mas fatura o título da Série D

+ Fortaleza vence Coritiba e fecha turno na liderança isolada da Série B

Sem ganhar há quatro jogos - duas derrotas e dois empates -, a Ponte Preta se manteve na décima colocação, com 26 pontos, quatro a menos do Atlético-GO, que abre o G-4. Invicto há cinco jogos, mas vindo de quatro empates seguidos, o Avaí tem 29 e está em sétimo lugar.

O jogo foi realizado em Araraquara porque a Ponte Preta cumpriu seu segundo jogo de perda de mando, punição imposta pelo STJD por um rojão atirado em campo, no Moisés Lucarelli.

Logo aos sete minutos, Rodrigão recebeu passe de Renato e acertou um lindo voleio para abrir o placar. O Avaí quase marcou o segundo em falta cobrada por Renato, que explodiu na trave. Mas a Ponte foi buscar o empate aos 31 minutos. Júnior Santos fez jogada dentro da área e cruzou para André Luis bater de primeira: 1 a 1. E antes do intervalo, em dois erros de passe, o time catarinense perdeu boas chances com Romulo e Rodrigão.

A Ponte Preta voltou com outra postura do intervalo e, depois de levar perigo em duas oportunidades, conseguiu a virada aos 21 minutos. André Luis entrou em diagonal e soltou a bomba de fora da área, com a Aranha só vendo a bola entrar no canto.

Mas o time campineiro recuou demais e chamou o Avaí para cima. Aos 45 minutos, Júnior Santos ergueu o pé na cabeça de Capa dentro da área e o árbitro assinalou pênalti, muito contestado, mas convertido por Guga. No lance seguinte, Hyuri acertou o travessão de Aranha em cabeceio e quase fez o terceiro gol da equipe paulista.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 20.ª rodada. A Ponte Preta enfrenta o Paysandu, às 21h30, na Curuzu, em Belém, enquanto o Avaí recebe o Vila Nova, às 19h15, na Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 2 X 2 AVAÍ

PONTE PRETA - Ivan; Igor, Renan Fonseca, Léo Santos e Ruan; Nathan, João Vitor e Orinho (André Castro); André Luis (Victor Rangel), Danilo Barcelos (Hyuri) e Júnior Santos. Técnico: João Brigatti.

AVAÍ - Aranha; Airton, Marquinhos Silva e Betão; Guga, Pedro Castro, Luan (Beltran), Renato e João Paulo (Capa); Romulo e Rodrigão (Getúlio). Técnico: Geninho.

GOLS - Rodrigão, aos sete, e André Luis, aos 30 minutos do primeiro tempo. André Luis, aos 21, e Guga, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Emerso de Almeida Ferreira (MG).

CARTÕES AMARELOS - Orinho e Júnior Santos (Ponte Preta); Luan (Avaí).

RENDA - R$ 7.920,00.

PÚBLICO - 721 pagantes.

LOCAL - Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.