Ponte Preta confirma acordo com o goleiro Aranha para a temporada de 2017

Goleiro de 35 anos retorna ao clube que o revelou

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2016 | 20h17

No meio de muitas incertezas de quem fica ou sai do elenco para a próxima temporada, a direção da Ponte Preta confirmou acordo com o experiente goleiro Aranha, de 35 anos, que vai continuar no clube em 2017. As bases do contrato não foram reveladas. "Fico feliz de ter a chance de defender este clube por mais um ano. Acho que fomos bem na temporada, mas existe a perspectiva de irmos além na próxima temporada", disse o atleta, que foi revelado no próprio clube, depois passou por Santos, Atlético Mineiro e Palmeiras, este até dezembro de 2015. Em maio assinou contrato com o Joinville na Série B e no mês seguinte acertou o seu retorno à equipe de Campinas (SP).

A sua chegada sanou a insegurança gerada pela irregularidade de João Carlos e Matheus, embora o time ainda tenha trazido depois por empréstimo César, do Flamengo. A expectativa é de que Matheus e César sejam liberados ao final do ano. João Carlos passou, na última quinta-feira, por uma cirurgia por conta de umas calcificações dentro do cotovelo direito por traumas repetitivos e que de certa forma estava causando um desconforto nos movimentos.

Ele foi operado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, pelo especialista Marcelo Matsumoto. Dentro de 15 dias já deve fazer um trabalho de fortalecimento e em três semanas o treino na academia. No começo da pré-temporada no ano que vem já estará integrado ao grupo.

O técnico Eduardo Baptista aproveitou a semana de folga na tabela para fazer algumas experiências no time para enfrentar o Internacional, na próxima quinta-feira, em Porto Alegre, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Duas mudanças devem ser confirmadas em relação àquele time que perdeu para o Santos por 2 a 1, na última rodada. Breno Lopes treinou na lateral esquerda no lugar de Reinaldo, titular durante a temporada, mas que deve retornar ao São Paulo, que detém seu atestado liberatório. E o meia Thiago Galhardo tem treinado no lugar de Maycon, que serve a seleção brasileira sub-20.

Com 45 pontos e na 11.ª posição, a Ponte Preta espera somar pelo menos mais seis pontos nos últimos quatro jogos que vai disputar. Depois do duelo no Sul, recebe o Fluminense, sai diante do Botafogo e encerra o ano recebendo o Coritiba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.