Ponte Preta conquista o Título do Interior do Paulistão

Equipe campineira empata em 1 a 1 com o Barueri e conquista seu primeiro título na elite do futebol

AE, Agencia Estado

02 Maio 2009 | 20h50

BARUERI - A Ponte Preta conquistou o Título do Interior do Campeonato Paulista, neste sábado, ao arrancar um empate contra o Barueri, por 1 a 1, na Arena Barueri. Junto com o troféu, o clube de Campinas faturou o prêmio de R$ 250 mil oferecido pela Federação Paulista de Futebol. No jogo de ida, a Ponte havia vencido por 2 a 0, e poderia até mesmo perder por um gol de diferença.

Veja também:

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Agora, a Ponte volta suas atenções para as disputas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro da Série B, que começa na próxima sexta-feira. Já o Barueri vai estrear na elite nacional pela primeira vez, sem conseguir o bicampeonato do interior - venceu ano passado.

Nos primeiros minutos de jogo, a impressão era de que o Barueri não encontraria dificuldades para construir a vitória por dois gols. A Ponte entrou em campo bastante recuada e chamou o adversário para o ataque. Os donos da casa criaram várias chances, até que aos 26 minutos chegaram ao primeiro gol. O meia Éverton cobrou falta na área e o atacante Pedrão subiu sozinho para desviar de cabeça. E ampliou sua vantagem na artilharia do Paulistão, agora com 16 gols, contra 13 de Keirrison, do Palmeiras.

Percebendo que a postura ofensiva poderia piorar a situação, o técnico Marco Aurélio fez a alteração que transformou a história da partida. Ainda aos 38 minutos do primeiro, ele tirou o meia Kim e colocou o atacante Márcio Mexerica. Com a marcação mais adiantada, o time de Campinas equilibrou o jogo.

O duelo seguiu bastante equilibrado no segundo tempo. Mas, conforme o tempo passava, o nervosismo do Barueri aumentava. Já com a defesa desguarnecida, a Ponte encaixou um contragolpe fatal para empatar. Tinga iniciou a jogada e deixou para Juan. Ele fez belo lançamento para Márcio Mexerica, que, em posição legal, bateu na saída do goleiro Renê. A defesa fez, equivocadamente, a linha de impedimento. Mexerica prosseguiu e, com frieza, mandou a bola no canto esquerdo de Renê.

A partir do gol, os donos da casa não se encontraram mais em campo e esbarravam na forte marcação visitante. A Ponte esperou com paciência atéo apito final para comemorar a conquista.

Ficha Técnica:

Barueri 1 x 1 Ponte Preta

Barueri - Renê; Marcos Pimentel (Franciscati), Daniel Marques, Leandro Castán e Márcio Careca; Ralf, Everton (Luís), Thiago Humberto e Xuxa (Flavinho); Pedrão e Fernandinho. Técnico: Estevam Soares.

Ponte Preta - Aranha; Guilherme, Marinho, Jean e Marrom; Deda, William, Tinga, Kim (Márcio Mexerica, depois Danilo Luís) e Juan Marchísio (Dener); Danilo Neco. Técnico: Marco Aurélio.

Gols - Pedrão, aos 26 minutos do 1.º tempo. Márcio Mexerica, aos 22 minutos do 2.º tempo

Cartões amarelos - Daniel Marques, Xuxa, Franciscati (Barueri); Kim, Juan Marchísio, Guilherme e Aranha (Ponte Preta)

Árbitro - Rodrigo Braghetto

Renda - Não divulgada

Público - 5.483 pagantes

Local - Estádio da Arena Barueri, em Barueri (SP)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.