Valéria Gonçalvez / Estadão Conteúdo
Valéria Gonçalvez / Estadão Conteúdo

Ponte Preta consegue pagar salários de junho e coloca as contas em dia

Clube reduz impacto da crise com o repasse das cotas de transmissão da Série B do Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

09 de julho de 2020 | 17h04

Mesmo em meio às dificuldades provocadas pela pandemia do novo coronavírus, a Ponte Preta tem conseguido pagar os salários de elenco, comissão técnica, estafe e funcionários.

Após promover redução de até 25% nos vencimentos, a diretoria executiva efetuou, no quinto dia útil de julho, o pagamento referente ao mês de junho e colocou as contas em ordem no Moisés Lucarelli.

Na quarentena, a diretoria tem se desdobrado para angariar recursos e ainda não atrasou nenhum depósito a partir de abril, quando o Campeonato Paulista havia sido paralisado, no que diz respeito aos valores registrados em CLT.

Para trazer alívio às finanças, a Ponte contou também com o pagamento da cota de transmissão da Série B, repassada pela CBF, nas últimas semanas.

Com as contas em ordem, time campineiro concentra todas as atenções nos trabalhos presenciais no CT do Jardim Eulina de olho na retomada do Campeonato Paulista, em 22 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.