Caio Marcelo / criciuma.com.br
Caio Marcelo / criciuma.com.br

Ponte Preta contrata Caio Rangel e negocia com outros três reforços

Atacante de 22 anos estava sem espaço com Mano Menezes no Cruzeiro

Estadão Conteúdo

14 Março 2018 | 19h34

A tão prometida reformulação no elenco da Ponte Preta para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro após a decepcionante campanha no Paulistão segue a todo vapor. Nesta quarta-feira, a diretoria confirmou a contratação do atacante Caio Rangel junto ao Cruzeiro. Outros jogadores devem chegar nos próximos dias.

+ Ponte Preta inicia reformulação e libera zagueiro Wesley Matos

Caio Rangel tem 22 anos e, sem espaço com o técnico Mano Menezes, foi emprestado pelo time mineiro até dezembro. No ano passado, ele defendeu o Criciúma na Série B, onde disputou 29 jogos e marcou dois gols. Com passagens pela base do Flamengo e também por Cagliari-ITA, Arouca-POR e Estoril-POR, o atacante atua aberto tanto pelo lado direito quanto pelo esquerdo, mas também pode fazer a função de armador.

Além dele, a diretoria trabalha para anunciar pelo menos mais três reforços nos próximos dias. Após se destacarem no Paulistão, o meia Guilherme (Ituano) e os atacantes Hygor (Ferroviária) e Júnior Santos (Ituano) têm conversas bem adiantadas.

Em relação ao técnico para substituir Eduardo Baptista, a Ponte Preta tem Doriva como plano A, mas precisa esperar a eliminação do Novorizontino no Paulistão. O time de Novo Horizonte enfrenta o Palmeiras no sábado e na outra quarta-feira. Depois ele deve acertar os últimos detalhes e anunciar seu retorno ao clube de Campinas depois de quase três anos.

Ainda sob o comando interino de João Brigatti, a Ponte Preta enfrenta o Sampaio Corrêa, em São Luis (MA), e precisa de uma vitória simples para avançar. Como neste ano o gol marcado fora de casa não é critério de desempate, qualquer empate leva a decisão para os pênaltis, porque o jogo de ida, em Campinas, terminou igual: 0 a 0.

Mais conteúdo sobre:
Ponte Preta Cruzeiro Esporte Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.