Ponte Preta contrata técnico Marcelo Chamusca para o restante da Série B

Ponte Preta contrata técnico Marcelo Chamusca para o restante da Série B

João Brigatti, que atuava como interino, volta a ser auxiliar-técnico fixo do clube

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2018 | 13h16

A direção da Ponte Preta decidiu trocar o comando técnico para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Neste domingo, o clube confirmou o acerto com o técnico Marcelo Chamusca, que ano passado subiu à Série A com o Ceará e estava parado desde que deixou o clube cearense nesta temporada, no início do Brasileirão. João Brigatti, que atuava como interino, volta a ser auxiliar-técnico fixo do clube.

A ideia da diretoria é dar uma força extra ao time neste momento importante do Brasileiro da Série B. Chamusca, de 51 anos, deve trazer dois auxiliares e vai ser apresentado nesta segunda-feira, véspera do jogo contra o Atlético-GO, em Goiânia. Brigatti ainda deve dirigir o time nesta 25.ª rodada.

A Ponte começou a Série B sob o comando de Doriva, atualmente no CRB. Após sua saída, o time ficou de forma interina no comando de João Brigatti. Depois de um bom início de trabalho, Brigatti sofreu com alguns resultados ruins. Na última sexta-feira, empatou por 1 a 1 com o Vila Nova e se manteve em nono lugar, com 34 pontos. Antes, tinha empatado sem gols, também em casa, com o rival Guarani e perdido para o Londrina, por 1 a 0, no Estádio do Café.

Além de seu grande trabalho no Ceará, ano passado, Chamusca tinha conquistado o acesso do Guarani da Série C para a Série B em 2016. Nascido em Salvador, aos 51 anos de idade ele já comandou equipes como Ceará, Fortaleza, Atlético Goianiense e Paysandu, entre outros. Antes de ser técnico, também atuou como auxiliar em diversos times, como Bahia, São Caetano e Goiás, e, na juventude, foi volante de times como o Bahia.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.