Ponte Preta define 'bicho' para caso o time seja campeão

Diretoria vai dividir a metade da premiação da FPF entre jogadores e comissão técnica

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2017 | 07h00

O campeão estadual vai receber da Federação Paulista de Futebol (FPF) o valor de R$ 5 milhões, e a Ponte Preta já decidiu como vai aproveitar a premiação, caso seja ela a vencedora. Irá separar a metade (R$ 2,5 milhões) e dividir entre os atletas e comissão técnica e a outra parte será usada para quitar dívidas do clube e contratar reforços. 

O Corinthians ainda não revelou a premiação de seus jogadores em caso de conquista, mas a tendência é que eles fiquem com cifras próximas. A diretoria vê a conquista do Paulistão como uma possibilidade de conseguir equilibrar as finanças e ter dinheiro para trazer mais jogadores para a disputa do Brasileirão. Destaque da Ponte Preta, Clayson está em negociações para defender o time depois da final do Estadual. 

O vice-campeão vai receber R$ 1,65 milhão, enquanto o terceiro colocado (Palmeiras) ficou com R$ 1,1 milhão e o quarto classificado (São Paulo) embolsou R$ 880 mil. O Santos ficará com apenas R$ 485 mil por cair nas quartas de final.

Ituano e Santo André decidem o título de campeão do Interior e o ganhador leva R$ 360 mil, enquanto o vice fica com R$ 100 mil. No primeiro jogo, o Ituano venceu em casa por 1 a 0. A decisão será na sexta, no estádio Bruno José Daniel. 

Tudo o que sabemos sobre:
Ponte PretaFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.